Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Violas e velas

Vida viola vela,
Vela viola vento.
Vida viola vento, vela,
Violeiro violento...

Pescador vai mar adentro,
Cantador vai mundo afora,
Todo amor tem seu momento,
Toda dor tem sua hora...
Quanto mais coragem invento
Mais o medo me apavora,
Quanto mais a vida enfrento,
Mais a morte me devora,
Quanto mais seguro o tempo...
Mais o tempo vai-se embora...

Refrão...

Morena, meu pai me disse:
Que eu caísse em tentação
Quando ouvisse uma viola
Violando a escuridão
Pois seu choro é que consola
As mágoas do coração
A tristeza quando esfola
Mata mais do que paixão
E a saudade desenrola
Vai tecendo a solidão
Poeta de Gravata
Enviado por Poeta de Gravata em 26/11/2007
Código do texto: T753992
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeta de Gravata
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 69 anos
25 textos (1307 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 19:26)
Poeta de Gravata