Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HINO DA MAÇONARIA

HINO DA MAÇONARIA

LETRA DE D. PEDRO I

Da luz, que si difunde,
sagrada filosofia
surgiu no mundo assombrado,
a pura maçonaria.
 
Maçons alerta, tende firmeza
vingai direitos, da natureza.
Da razão, parte sublime,
sacros cultos merecia
altos heróis adoraram,
a pura maçonaria.
 
Maçons alerta, tende firmeza
vingai direitos, da natureza.
Da razão, suntuoso templo,
um grande rei erigia,
foi então instituída,
a pura maçonaria.
 
Maçons alerta, tende firmeza
vingai direitos, da natureza.
Nobres inventos não morrem,
vencem do tempo a porfia
há de os séculos afrontar,
a pura maçonaria.

Maçons alerta, tende firmeza
vingai direitos, da natureza.
Humanos sacros direito,
que calcará a tirania
Vai ufana restaurando,
a pura maçonaria.

Maçons alerta, tende firmeza
vingai direitos, da natureza.
Da luz deposito augusto,
recatando à hipocrisia
Guarda em si com zelo santo,
a pura maçonaria.
 
Maçons alerta, tende firmeza
vingai direitos, da natureza.
Cautelosa, esconde e nega,
a profana a gente ímpia
Seus mistérios majestosos,
a pura maçonaria.

Maçons alerta, tende firmeza
vingai direitos, da natureza.
Do mundo o Grande Arquiteto,
que o mesmo mundo alumia
Propício protege, ampara,
a pura maçonaria.

Maçons alerta, tende firmeza
vingai direitos, da natureza.
Silvia Araujo Motta
Enviado por Silvia Araujo Motta em 29/11/2005
Reeditado em 16/01/2009
Código do texto: T78618
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Silvia Araujo Motta
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 65 anos
6556 textos (669110 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:28)
Silvia Araujo Motta