Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MENSAGEM DE NATAL 


PRECE DE NATAL 
(com excertos do conto "Paisagem Temporal")

Que neste natal, todas as casas sejam douradas pelo sol da aurora, e nesse instante não haja distinção entre barracos, tugúrios e palácios. 

Que o vento fresco da manhã sopre para longe as impurezas, e leve embora ressentimentos e mágoas.

Que o céu se abra num tudo azul jamais visto. 

Que um novo verde brote no chão de todos os lugares, e a esperança passe a ser desnecessária, pois as novas cores irão significar a eterna abundância de flores, frutos e alegrias. 

Que as nuvens venham, no decorrer do dia, e sejam lençóis a acenarem que a paz está definitivamente semeada. 

Que nas cores deste Natal, o mundo frutifique, a harmonia e a concórdia se estabeleçam. 

E que todos os homens sejam iguais.

E que todos os dia sejam Natais.
Oldney Lopes
Enviado por Oldney Lopes em 27/11/2007
Reeditado em 27/11/2007
Código do texto: T755269

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Oldney Lopes - www.oldney.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Oldney Lopes
Brumadinho - Minas Gerais - Brasil
323 textos (65225 leituras)
4 e-livros (1257 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 22:58)
Oldney Lopes

Site do Escritor