Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CARTA AO PAPAI NOEL

PAPAI NOEL,


Neste natal, quero pólvora, dinamites e um automóvel. Aliás, que seja melhor um carro-bomba, para jogar contra sua fábrica de brinquedos no Pólo-Norte, matando seus duendes, suas renas, à piranha de sua esposa e sobretudo, você.
Eu prometo acabar com toda a putaria reinante nesta data imperialista. Dirijo-me aqui ao senhor, Papai Noel ou o velho decrépito Santa Claus - verídica alegoria comercial; lobista da hipocrisia patriarcal - instituição que tanto prega à falsa moral em tão dramático dia. Para alguns seja o ícone dos ingênuos natais. Ou Father Christmas soe aos olhos mais liberais.


RODRIGO PINTO
Enviado por RODRIGO PINTO em 15/12/2005
Reeditado em 25/11/2007
Código do texto: T86308
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
RODRIGO PINTO
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 98 anos
316 textos (19099 leituras)
2 e-livros (908 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:45)
RODRIGO PINTO