Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Se Eu Fosse Uma Fada... Se Eu Fosse Um Anjo...


Queria poder ser um anjo e eternizar esse
Natal para todas as pessoas no Mundo.

Queria poder ser uma fada para que eu pudesse
ofertar o brilho no olhar de cada criança pobre.

Queria poder ser um anjo e percorrer o mundo
levando em minhas asas a paz e o verdadeiro
amor entre homens.

Queria ser uma fada para que eu pudesse
levar a fartura do alimento para aqueles que mendigam.

Queria poder ser um anjo nesse Natal e percorrer o meu
país fazendo com que os grandes homens do poder sentissem
em seus corações e que se conscientizassem os quantos eles
são importantes, e que a lealdade, a verdade, a caridade são
as virtudes mais raras que um ser humano pode ter.

Queria poder ser uma fada para iluminar cada casa pobre,
enfeitar com laços e fitas coloridas para que esses se
sentissem mais felizes.

Queria poder ser um anjo nesse Natal
por apenas um dia para poder levar a
benção de Deus ao Mundo.

Queria poder ser um anjo nesse Natal e levar para todos os
lares desajustados a serenidade, o respeito, a bondade e a
caridade; e nesses mesmos lares eu como fada ofertaria a
compreensão a comunhão afetiva em harmonia.

Nesse Natal se eu fosse anjo voaria para os braços
do meu ser mais amado para poder curar suas dores interiores.

E finalmente se fosse um anjo ou uma fada mostraria que
podemos transformar a nossa vida em felicidade doando
o melhor do que temos dentro de nós, mostrando que a
felicidade parte do sorriso de cada um e que essa mesma
felicidade reside com o endereço exato chamado...
“Consciência Tranquila”.

E que quando cada um desses seres infeliz olhasse para céu
e o visse cinza a derramar-se em chuva, que meditasse na
colheita farta e nos campos que estarão cheios de belas
flores perfumadas.

Que possam ver que o amor é à força de toda uma vida
inspirado no trabalho do bem e que esta, está vinculada
ao amor que é a usina geradora da nossa felicidade.

Se Eu Fosse Uma Fada...
Transformaria toda alegria em luz cintilante intensa e espontânea.
Seria a aura de cada ser, revigorando e avivando, faria reluzir a beleza em cada ser riria seus risos miúdos em um poderoso puro deleite.

Se Fosse Um Anjo...
Se eu falasse as línguas dos homens e dos anjos,
e não tivesse caridade, seria como o metal que
soa ou como o sino que tine.
(Ep.São Paulo c.13:1)


17/12/2005
SBernardelli
Enviado por SBernardelli em 17/12/2005
Reeditado em 01/08/2009
Código do texto: T87066
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SBernardelli
Caraguatatuba - São Paulo - Brasil
912 textos (289975 leituras)
25 e-livros (11513 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:43)
SBernardelli