Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dias estranhos...

Nestes dias estranhos, é melhor deixar o coração bater de leve, e sentir o que vai dentro e fora dele.
Todos em busca da felicidade, que sabemos não ser plena,  as horas que vão e vêm...e no tic tac do relógio da alma...seguimos caminhando, dias mais coloridos, e outros um tanto nublado...mas na certeza única que seguir é necessário...viver intensamente e verdadeiramente de maneira plena a tão abençoada... A VIDA !
Nestes dias estranhos, que por um pequeno e amargo instante parece não ter fim...é melhor deixar os ouvidos escutar músicas suaves a embalar nosso sono, deixando o corpo pesado e se entregando aos lençóis brancos, que na amanhã seguinte trará certeza de luz...certeza de que algo muito maior nos espera...certeza que o mundo nos recebeu...para compreender e amar...com todas curvas e derrapadas...mas amar...A VIDA !
Nestes dias estranhos, tantos e quantos que vieram e ainda iram chegar...é melhor nos preparar, é melhor fortalecer-se, crendo que este burilamento é lapidação que bate como o buril na pedra...e lentamente toma forma...e que ao pronta ficar...olhos iram encantar...e corações de alegria sentiram ao vislumbrar...a obra de arte nasceu...A VIDA !
Nestes dias...
É melhor mesmo nem pensar...
Deixar adormecer...
O dia amanhecer...
Com uma única certeza !
O amor é que nos faz VIVER !

23/01/2006

Paula de Lima
Enviado por Paula de Lima em 23/01/2006
Código do texto: T102912
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Paula de Lima
São Paulo - São Paulo - Brasil, 44 anos
102 textos (15464 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:45)
Paula de Lima