Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ninho vazio

Ninho vazio
maria da graça almeida

O ninho ficou vazio,
quão vazio o peito da ave-mãe.
Os passarinhos gorjeiam
e afastam-se do acinzentado
horizonte desolado.

De presente, solidão e saudade.
De repente uma dor tardia arde
em face da lembrança
de antigas dependências.

Ah! Se eu fosse o Senhor
e tivesse Seu poder,
determinaria que os pássaros
jamais deixassem o ninho.

Que não houvesse partida,
que jamais brotassem
as lágrimas de despedida.

O ninho permanece vazio.
E vazio, perpetuará a melancolia
no peito da ave–mãe.

É necessário que se imponha
a força de um campeão
para que se sobreviva
ao sacrifício da separação.

maria da graça almeida
Enviado por maria da graça almeida em 10/04/2005
Código do texto: T10599
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
maria da graça almeida
São Paulo - São Paulo - Brasil
248 textos (14806 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 05:59)
maria da graça almeida