Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Morte...

Ritual sagrado,
Ritmo que envolve
Momento de reflexão
Espírito coberto de luz
Dança da chuva
Dançando na chuva
Cantando a música
Para alguns alegre
Para outros triste
Batendo o coração
Como batem os tambores
Abrindo e fechando
Piscam os olhos
Devagar
Parecendo que vai cair
Seguindo
Onde para alguns não há caminho
Onde para alguns a continuidade
Morte natural
Morte acidental
Morte lenta
Matar a morte
Não ver
Não sentir
Não perceber
Morrer
Morrer dormindo
Nascer, viver, amar e morrer
Morrer, amar, viver e nascer
Luz
Todos querem a luz
Transportar a alma perene
Para o eterno sem dor
Para uns vazio no sono sem cor
Para outros eternidade de amor
Desagonizar da vida
Encontrar a sombra guardada por Deus
Gritar no vazio
Ouvir o eco de vozes desesperadas
Atalhos falsos e empedradas
Todos seguem na esperança
De encontrar
A vida continuar
E o eterno existir e existirá
Trocar dias tristes já vividos
Por trabalho e sorriso
Desmonta o corpo
Monte de novo
O novo
Silêncio
Escuro
Saudade
Vontade
Sede
Esperança
Eternidade
Tudo obra e realidade
Criado pelo mestre do mundo
Viver
É dor eu sei
É dor você já sabe
Quando chega a hora da despedida
A terra chega úmida e entristecida
Gritamos
É cedo ainda
E queremos desenterrar
E queremos acordar
E em poucos instantes
Tudo modificar
Nos arrependemos de tudo
E ficamos a suspirar...
De tudo que poderíamos ter feito...
PRINCIPALMENTE AMAR !

14/06/1985
Paula de Lima
Enviado por Paula de Lima em 14/02/2006
Código do texto: T111599
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Paula de Lima
São Paulo - São Paulo - Brasil, 44 anos
102 textos (15464 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:53)
Paula de Lima