Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Crianças...

Eis a beleza pequena no mundo, ao nascer traz consigo a semente do amor do Pai para florescer...
Eis a esperança que vem do ventre da mulher, choros e dores do parto coberto pela anestesia de poder trazer a vida...
Eis que nascem luzes que iluminam uma casa, uma família, que une e traz nas pequenas mãos a força da união...
Eis que brilham sorrisos inocentes que nos lavam a alma, e fortificam nossa responsabilidade em fazer e dar o melhor para estes pequeninos corações...
Pequeninos corações que se tornarão...grandes corações...
Eis a missão de cultivar os sentimentos de ternura nestes que estão chegando...nascendo...crescendo...
Eis a nossa responsabilidade...
De fazer valer de verdade...
A rima que diz..
Criança é esperança !
Amados, orfãos, sozinhos, abandonados ou mimados...
Qual é a esperança que cada um de nós estamos semeando para estas vidas que ainda estão começando ?
Palavras, ternura, caridade, amor, piedade, respeito e dignidade !
Sermos para cada um deles...a esperança de verdade !

25/02/2006
Paula de Lima
Enviado por Paula de Lima em 25/02/2006
Reeditado em 16/10/2011
Código do texto: T116158
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Paula de Lima
São Paulo - São Paulo - Brasil, 44 anos
102 textos (15464 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 09:53)
Paula de Lima