Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Em algum lugar

Em algum lugar
maria da graça almeida

Neste exato momento
há alguém partindo, alguém chegando;
há alguém sorrindo, alguém chorando.
Na complexidade do universo,
nenhum minuto é de dor absoluta,
nenhum segundo é de plena alegria,
nem de intensa euforia,
tampouco de completa apatia.

Neste exato momento,
há um bebê que experimenta
um choro temeroso, profundo, ansioso.
Neste momento, de mim muito próximo,
pela origem, pelo afeto,
há alguém lutando pela vida,
ou dela desistindo, a cerrar os olhos
no desvendar dos mistérios e segredos,
no gozo da surpresa e do medo.

Neste momento há seres entregues,
amando-se loucamente
e seres odiando-se cegamente,
sem a preocupação com o amanhã,
na benevolência da afirmação,
ou no egoísmo da negação.

Neste momento há alguém traído;
há alguém abençoado, alguém excomungado;
há alguém sob a mira de um "tira",
ou ameaçado pelo ofício de um bandido.

Neste momento, há mais um aposentado sofrendo
as conseqüências do tempo trabalhado.
Neste momento há alguém derrotado,
em batalhas onde apenas há vencidos.

Neste momento, em algum lugar do planeta,
há alguém escrevendo coisas que encherão gavetas;
há quem no papel derrame letras
que tomarão o tempo dos desavisados,
cujo pensamento se ocupará da leitura
das mais estranhas figuras.

Neste exato momento, num profundo mal-estar,
cá estou eu a sombrear a tela,
querendo de algum modo me perpetuar,
que se não através das nuanças
dos versos de completa insignificância,
talvez, através do enlevo e da emoção,
que são de irrestrita relevância.

Do mundo, em todos os momentos e lugares,
sei que haverá, irremediável,
a dor do temor, da impotência,
da perda, da saudade, da desolação.
E neste mundo, mesmo convivendo
com os encantamentos e espetáculos,
os espectros dos citados maus-tratos,
infelizmente, sempre nos ameaçarão.

Neste exato momento, em algum lugar há...
maria da graça almeida
Enviado por maria da graça almeida em 18/04/2005
Reeditado em 29/07/2005
Código do texto: T11817
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
maria da graça almeida
São Paulo - São Paulo - Brasil
248 textos (14804 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 20:10)
maria da graça almeida