Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHA ORAÇÃO VESPERTINA...

Quando o sol cansado de brilhar vai se escondendo
pra deixar que a lua, com seu feitiço, reine o céu,
ajoelho-me sobre a terra molhada e
elevo meus pensamentos ao meu Papai do Céu...
Agradeço pelo dia com que fui premiada,
pelo sorriso,
pela tristeza que invadiu minha vida
sem pedir pra entrar...
Pelo pão que alimenta meu corpo,
pelas palavras que recebi,
mesmo aquelas que me decepcionaram...
Pelo meu trabalho,
sem ele seria muito difícil viver...
Pelas bênçãos,
que sempre recebo de Seu maravilhoso ser...
Pelos meus inimigos,
que me aperreiam sem entender
que causando meu aperreio, serão mais tristes também...
Pelos meus amigos,
pessoas maravilhosas que me proporcionam
uma vida nota dez...
Pelos meus netinhos,
lindas almas puras que encantam meu viver.
Pelos meus filhos,
pessoas lindas, trabalhadoras
que lutam incansavelmente
para ter sucesso na vida...
Por todos que me rodeiam, e
que de alguma maneira contribuem
para o meu engrandecimento...
Em fim...
Meu Papai do Céu...
te agradeço pelo ar que respiro,
por esta vida que tu me destes com muito carinho...
e...
aproveito pra fazer-te um pedido:
Cuida de todos...
dos homens,
dos bichos e da natureza
que tanto nos dão alegria de viver...
Carmen Dávila (Marina*****)
09/03/06 – Olinda/PE

Carmen Dávila
Enviado por Carmen Dávila em 11/03/2006
Código do texto: T121645
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carmen Dávila
Olinda - Pernambuco - Brasil, 67 anos
129 textos (16341 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:11)
Carmen Dávila