Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                            Fazendo a diferença

Se pudéssemos viver a vida do fim para o início, o que gostaríamos e escrever em nosso epitáfio?

A resposta a essa pergunta não pode se resumir numa frase bonita, desvinculada de nossa real ação no mundo. Para que possamos deixar uma sentença marcante, retratando quem fomos e o que fizemos neste tempo e espaço que ocupamos no universo, precisamos viver conscientes de nossa missão e nosso propósito, precisamos agir coerentemente. E, para tal, estarmos presentes.

Estarmos presentes implica necessariamente estarmos conectados com nossa essência, com as pessoas, com a natureza, com o pulsar da vida. Essa conexão permite-nos agir com equilíbrio e discernimento, bases sólidas para uma vida significativa.

Quando não estamos presentes e conscientes, perdemos. Perdemos nossa humanidade e o contato com nosso espírito. O pensamento sobre o passado (memórias) ou o futuro (preocupações e desejos) fica no caminho e nos impede de fluirmos livremente pela vida, fazendo a diferença no mundo.

Acredito que a história O menino e as estrelas-do-mar ilustra  com propriedade essa reflexão.

Numa límpida manhã de verão, um velho sábio caminhava, solitário e reflexivo, na orla. De repente, uma cena patética o despertaria: um menino pegava, na areia quente, as estrelas-do-mar uma por uma e jogava-as de volta ao oceano.
— Por que você está fazendo isso? — perguntou o velho.
— O senhor não percebe que a maré baixou e o sol está brilhando forte? Se as estrelas ficarem aqui na areia, morrerão — respondeu o menino.
— Meu filho, existem milhares de quilômetros de praias por este mundo afora. Neste instante, inúmeras estrelas-do-mar devem estar espalhadas por todas essas praias.Você aqui, jogando umas poucas de volta ao mar, que diferença faz?
O menino, olhando para o velho, pegou mais uma estrela na areia, jogou-a nas águas oceânicas e disse:
— Para essa, eu fiz a diferença.

  Fonte: Orvalho para a alma – Litteris Editora – RJ

Maria Aparecida Giacomini Dóro
Enviado por Maria Aparecida Giacomini Dóro em 22/06/2006
Reeditado em 30/12/2015
Código do texto: T180616
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Maria Aparecida Giacomini Dóro). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Maria Aparecida Giacomini Dóro
Bituruna - Paraná - Brasil
446 textos (130370 leituras)
53 e-livros (13673 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:36)
Maria Aparecida Giacomini Dóro

Site do Escritor