Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ainda é tempo

Letícia Aquino
(Não aconteceu comigo, esse "EU" é só uma forma que encontrei pra chamar atenção no texto, não atenção dos leitores mas sim a da reflexão)

Reflexão

Um dia eu estava sentada na frente da porta da minha casa, a rua deserta e a casa vazia...
Então eu vir uma luz sobre mim!
Eu não era uma boa pessoa era rebelde, fumava, me drogava, eu era respondona e briguenta com meus pais!
Por isso que estava sozinha na frete da porta, minha família tinha saido para se divertir, me deixado lá sozinha, por eu ser como era, era o meu aniversaria!
Não tinha amigos!
Uma vez sentada ali na frete da porta estava arrependida de tudo, estava em desespera em lagrimas...
Quando a misteriosa luz me apareceu!
Olhei e vir dentro lá no fundo da aquela clarão asas e uma voz que dizia levante a cabeça; estas arrependida de tudo?
Eu sem entender responde que: sim!
Eu vir toda a minha vida passar pela minha frente apensar de só ter 18 anos.
A voz falou conquiste o perdão dos outros e terar a liberdade e amor de Deus.
Eu era tão má, que tinha esquecido desse ser poderoso.
Como doía, o meu coração!
A luz se foi e a voz sumiu.
Entrei em casa, arrumei tudo, tomei um banho, peguei um livro de receita;
E fiz algo para compartilha, agora eu tinha com quem!
Minha família chegou e eu de joelhos pedir perdão
_Hoje uma luz abriu os meus olhos vir tanta coisa errada na minha vida!


E você, será que não esqueceu do senhor!
Será que sua vida segue pelo caminho certo
Pense bem, a vida só existe em quem nele acredita.
Perdoe e serás perdoado, pois o primeiro passo pro perdão é admitir que errou...
Fim......
Letícia Akino
Enviado por Letícia Akino em 24/06/2006
Reeditado em 21/07/2006
Código do texto: T181551
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Letícia Akino
Madre de Deus - Bahia - Brasil, 26 anos
15 textos (1214 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:45)
Letícia Akino