Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PERDÃO

Pelas vezes em que fui egoista
Querendo tua atenção
Pelos momentos ausentes
Quando deveria estar presente
Por querer entrar em tua vida sem convite
Pelas vezes em que roubei teu tempo
Para preencher meu vazio
Pelas vezes que te exigi ser forte para proteger-me
Negando-te assim, o direito de também ser frágio
Perdão, pelas vezes que chorei
Quando precisavas do meu sorriso
Perdão pelas horas em que me empolguei
Falando de minhas alegrias e conquistas
E não te dando a chance de falar-me das tuas
Perdão por falar-te das minhas angústias
Esquecendo-me de perguntar das tuas
Perdão pelas vezes que te fiz cuidar da minha alma ferida
Esquecendo-me de oferecer-me para cuidar da tua
Perdão por sufocar-te de tanto Amor
Sem perguntar se o querias
E por querer ser, do teu ventre, o fruto desejado
Quando poderia ser, no teu coração, aquela sementinha de Amor.




Boston, April, 10,2005 – 01:59am
Sandra Mara
Enviado por Sandra Mara em 02/06/2005
Reeditado em 07/02/2008
Código do texto: T21426

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sandra Mara
Estados Unidos
84 textos (12086 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:29)
Sandra Mara