Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fala o Coração I e II - Lilipoeta inspira!

Por: Egídio Garcia Coelho
      www.motivacao.org

Lilipoeta!
É com lágrimas que te retorno!
E abaixo o que resultou da minha inspiração que explodiu ao me sentir sem palavras para responder a altura tua manifestação ao comentar sobre minha poesia "casamento".
Por isso, estou publicando e lhe dedicando o texto sem que seja revisado e analisado pela minha razão, mantendo assim o que como instrumento acionado por você eu possa ter aqui registrado.

Fala o coração!

Às vezes minha ansiedade por querer passar aos outros o que sinto em família, acaba por tornar difícil entender meu trabalho.
Determinados sentimentos devem apenas servir como ferramenta para que com atitudes se possa mostrar na vida um melhor caminho.
Estamos cansados de ouvir que palavras movem e exemplos arrastam. Daí a responsabilidade pela incansável busca de como fazer pra que se consiga atingir sempre um patamar de desenvolvimento capaz de servir de modelo.
Porém, nunca pela satisfação e alimentação de nossos egos. Nossa mente é escrava deles e nossa máscara pode ser uma trama das mais bem elaboradas que somente com a morte se pode desvendar.
Nosso intelecto vem há muito tornando o caminho mais difícil. É na simplicidade que encontraremos a tão procurada fórmula para que se manifeste em nós o verdadeiro amor o "AMOR INCONDICIONAL".
Quando descobrirmos a força do amor que pela compaixão pode chegar a compreensão e ao perdão, estaremos então conseguindo expandir o amor do nosso coração de forma gradativa, primeiro em família e depois aos mais próximos, a comunidade, o bairro, a cidade, o estado, o país, o continente, e segue...
Já que tememos a morte, podemos optar pela morte dos egos que astutos ainda nos seguirão depois. Nossos egos se escondem nos tronos dos sete pecados capitais que distribuem legiões de pequenos defeitos irrelevantes que somente diante de uma minuciosa auto-observação serão identificados. Vivemos atentos aos maiores defeitos que através do intelecto, podemos dominá-los e controlá-los sem nos dar conta de que tal controle também são de egos a busca de uma bela imagem que com disciplina se pode alcançar e preservar.
Porém, basta uma boa pressão psicológica para percebermos que no fundo habita em nós um personagem com reações e sentimentos que nos surpreendem diante da bela imagem até então preservada.
É tão grande a profundidade do que estou querendo dizer que seria inútil me estender para me fazer entender. Os corações preparados, por certo foram tocados e quem sabe virão a ser meus aliados.
Não estou aqui querendo me posicionar num patamar mais elevado, mas sim expor um entendimento e compreensão que em meio as minhas fragilidades humanas, tem me levado a manter uma família unida e uma alegria de viver gratificante.
Acredito que a humildade, oração e devoção, se mantidas poderão me levar cada vez mais ao meu interior para buscar no silêncio inspiração para que eu possa vir a ser mais eficiente no controle da minha ansiedade, vindo assim a poder levar aos outros a receita da minha felicidade.
Abraços, paz e benção...
Egídio Garcia Coelho
www.motivacao.org
20/06/2005 11:50 horas.

Tenho que considerar o comentário abaixo como "resposta" e dividir o título "Fala o Coração" com a co-responsável pela criação e resultados que tal registro poderão trazer.
Egídio Garcia Coelho
21/06/2005

Fala o Coração II

Querido poeta, agora quem chora sou eu. Já tinha dito, repito agora: faltam-me as palavras! Lembro-me do que disse um dia, minha sábia mãe, que já contempla a face de DEUS: - Não deixe que tuas palavras se tornem vãs, pois há silêncios muito mais eloqüentes que elas. Creio ter ouvido, de fato, e, direito a minha ROSA (era assim que mamãe se chamava, e, era catarinense, a danada!). Inspirar um poeta é privilégio que jamais ousei querer prá mim. Bastava-me, ao longe, sonhar em ser a heroína de um romance que acabara de ler. Registro aqui, os desejos de que sua vida seja farta de poesia, de boa música e do carinho da musa que adormece ao seu lado... Obrigada, obrigada, obrigada.... Na escola que você ensina, querido poeta, não sei se um dia, chegarei a ter um DEZ ! Creio que nem amanhã, ao reler este texto pela enésima vez, eu possa assimilar a responsabilidade que tenho com minhas palavras. Tomo a liberdade de copiá-lo e guardá-lo em meu arquivo pessoal, para que me inspire, nos meus dias de abandono (poucos, graças a Deus e aos amigos) e para que sirva de lição para meus filhos, e os filhos destes, que lá na frente hão de vir. O seu exemplo de vida, de trabalho e de poeta, me motivarão a continuar trilhando pela árdua e bela vereda das letras. Esse texto é um impulso para que eu continue determinada em todas as minhas ações pessoais e profissionais. Obrigada ! Beije FLORIPA por mim e AURINA também ! A modéstia me impede de dar nota a um texto inspirado por mim.
Enviado por "Lilipoeta" em 20/06/2005 23:08
para o texto "Fala o Coração - Lilipoeta inspira!"
Egídio Garcia Coelho
Enviado por Egídio Garcia Coelho em 20/06/2005
Reeditado em 12/08/2005
Código do texto: T26246
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Egídio Garcia Coelho). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Egídio Garcia Coelho
Rancho Queimado - Santa Catarina - Brasil, 60 anos
298 textos (200507 leituras)
11 áudios (4598 audições)
4 e-livros (73 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:35)
Egídio Garcia Coelho