Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

De tudo, das pessoas, da vida, de lutar tentar, e nunca acertar  só  errar.
Causar sofrimentos,  tentar, tentar e fazer tudo errado, e de todas as vezes tentando acertar.
E nunca  conseguir, falhei e falho em tudo.
Nostalgia, vazio, solidão.
Que tanto errar e nada acertar?
Filhos, filhos, filhos, quem erra ou errou?
Eu marido ,  filhos, bom o melhor é não pensar, não tentar.
No fundo sou eu, nunca enchergo o que está perto. Só quero o que está não sei onde ou em lugar algum.
Porque essa rebeldia?Essa procura do distante, do inátingivel?
Do que não existe?
Porque  esse desprêzo por tudo e por todos?
Esse enchergar muito longe do aqui do agora?
Do presente?
Essa ânsia por não sei o que, e nem onde?
Onde, onde, onde está esse lugar?
Onde se esconde?
De mim do meu coração, e do meu ser?
Que ser? Porque ser?
Porque não ser?
martamaria
Enviado por martamaria em 18/10/2006
Código do texto: T267286
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
martamaria
São Paulo - São Paulo - Brasil, 71 anos
1155 textos (58790 leituras)
1 áudios (586 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:11)
martamaria