Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Acredite

   As vezes penso em sumir, pelas pessoas que me fizeram mal. Esquecendo de todos que me estenderam a mão e gostam de mim. As vezes penso em desistir, por falta de esperança, pelas coisas que espero a tempos acontecer. Me esqueço de quantas coisas já conquistei, de tudo o que eu ainda sou capaz de fazer, de quantos frutos posso colher pela luta incansável desses dias todos. Esqueço que existe o amanhã, olhando só para trás. E assim o caminho vai parecendo cada vez mais escuro, sem lembrar que sempre há uma luz no fim do túnel. Esqueço que tenho fé, que tenho família, e que minha vida seria muito mais difícil sem eles. Penso em como fazer os outros gostarem de mim e não como me gostar. Deixo que uma desilusão apenas estrague com todas as coisas positivas que recebi.
   Penso que muitos passam pelo que eu passo, tenho a consciência de tudo o que esta errado em mim e na minha vida, mas como o famoso ditado diz “ é fácil falar, o difícil é fazer”. Portanto deixo esta mensagem que tento fixar em minha mente todo o momento. Viva mais, se iluda menos, tente valorizar mais o que você tem, e não chore pelo que não tem, apenas lute. Nenhuma derrota é motivo para desistir se ouve suor, se lutou com todas as armas que tinha. Se arrependa apenas da falta de esforço e de força de vontade. A vida é muito mais do que a gente faz dela, pense nisso!
Luli Pupo
Enviado por Luli Pupo em 08/11/2006
Código do texto: T285770
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luli Pupo
Campinas - São Paulo - Brasil, 31 anos
9 textos (1213 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:15)
Luli Pupo