Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O QUE É SER TEMENTE A DEUS?

Lendo um artigo certa vez, deparei–me com a seguinte questão:
"Você não deve julgar os outros por si mesmo”.
E a explicação era que se você julgar as pessoas por si fatalmente acabará se machucando, porque você é você e o outro é o outro.
Ele tem vontades, desejos, atitudes, respostas que podem parecer com as suas, mas não são iguais.São de outra pessoa.
Eu sempre pensei anteriormente quando surgia uma questão para resolver o que eu faria, e porquê? Em muitas vezes me dei mal.
Não posso achar que os outros vão agir como eu faria.
A ótica da outra pessoa em questão não estava focada na mesma direção.
Porém, aprendemos que temos que andar pelos caminhos que nos levam para uma eternidade cheia de satisfações, e os mesmos aprendizados foram dados a todos.
Seria um caminho fácil de seguir.
Por que então atitudes tão diferentes?
Acabei compreendendo que são as dificuldades que movem as pessoas para resoluções às vezes não tão justas.
Eu não sei o tamanho do problema que aflige o outro ser, as suas limitações de aprendizado e de entendimento para o mesmo assunto, que para mim parece ser tão simples.
Mas posso julgá-lo? Não posso e não devo.
Nem JESUS julgou.
Se ELE julgasse, quem iria dentro dos seus ensinamentos, ter com ELE na Vida Eterna?
Seriam poucos que mereceriam.
ELE ao contrário quando morreu por nós não fez nenhuma ressalva.
Vou morrer por este ou aquele.
Fez o que estava sendo solicitado pelo PAI para nos salvar.
Dando chance a todos.
O meu Deus é igual para todas as pessoas.
ELE é meu, seu, nosso.
ELE nos deu este direito
ELE nos deu o direito igual de escolher segui-lo ou não.
ELE correu o risco de nos enganarmos na direção.
Até o ultimo suspiro teremos a oportunidade de nos arrepender e mudar.
Só teremos que contar que haverá tempo, e isto é imprevisível.
Pois não sabemos quando será este fim, e poderemos não ter tempo de nos redimir junto a ELE. Portanto quem traça seu próprio caminho sem base nos ensinamentos DELE, também está correndo risco. Livre arbítrio.
Eu já andei por caminhos que nunca chegariam ao Paraíso.
Cada vez que eu acordo, agradeço a DEUS a possibilidade de fazer mudanças favoráveis, e com isto, sei que estou quase chegando lá.
Todas as facilidades de entendimento que DEUS me deu, eu agradeço sem me vangloriar sobre os outros.
Se ELE me facilitou as coisas eu agradeço. Quantos não têm esta possibilidade.
Talvez ELE tenha feito isto para que eu possa ajudar outras pessoas sem questioná-las. Só entendendo-as.
Às vezes falta motivação para encontrar dentro de você mesma o que impulsiona as vontades de vencer, crescer e agir.
E isto eu aprendi para poder ensinar.
Agradeço também todas as dificuldades, pois são elas que me empurram para frente e fazem o confronto com as vitórias.
Não sou melhor e nem pior do que ninguém. Tenho que ver que se o fim estiver realmente chegando, de que forma enfrentarei o que será destinado para todos.
Então ser temente a DEUS é ter consciência de que realmente haverá um fim, e que este fim terá conseqüências, que poderão ser boas ou más.
Vai depender de mim, de mais ninguém esta escolha.
Ninguém poderá estar no meu lugar, e eu não poderei estar no lugar de ninguém.
Cada um terá aquilo que merece.

Ruthy Neves
Taubaté-SP
Ruthy Neves
Enviado por Ruthy Neves em 17/04/2011
Código do texto: T2913655

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ruthy Neves
Taubaté - São Paulo - Brasil
100 textos (5779 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/12/14 11:40)
Ruthy Neves



Rádio Poética