Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu descobri que...

Eu descobri que existem certas coisas na vida que não se explicam, apenas se vive...
Eu descobri que as vezes os sonhos podem ser reais, só depende da força de vontade de assim o torná-los...
Eu descobri que é melhor fazer alguém chorar com a verdade do que rir com a mentira...
Eu descobri que sinceridade tem que ser na medida certa, por mais que as vezes pareça que ela tenha que ser demais...
Eu descobri que exitem pessoas que não se importam nem um pouco com o sentimentos dos outros...
Eu descobri que algo que é muito importante e correto para mim, pode não ser para outra pessoa...
Eu descobri que as vezes é necessário sorrir quando na verdade se quer chorar, mas que chorar as vezes é inevitável e é um grande descarregador de problemas...
Eu descobri que paciencia tem limite, mesmo quando ela é enorme...
Eu descobri que não importa o que eu faça, desde que seja bem feito e que me agrade, sempre serei bem sucedido...
Eu descobri também que não importa o quanto eu me esforce para fazer algo bem feito, sempre terá alguém para me criticar e me dizer que não sou boa o bastante...
Eu descobri que apesar de muitas vezes detestar as brigas, e sermões da minha mãe ela sempre estava certa, e que apesar de não dar moral quando ela fala que algo não é pra mim, ou que vou quebrar minha cara, sempre acaba acontecendo o que ela diz mesmo sendo uma coisa logicamente quase impossível de acontecer...
Eu descobri que o melhor jeito de se matar de raiva as pessoas que te detestam é com humildade, bondade, paciencia e muito desprezo (no bom sentido é claro)...
Eu descobri que quanto mais ansiosamente eu espero por algo mais devagar ele chega...
Eu descobri que o jeito mais rapido para se dormir é deitar no sofá ou na cama e ligar a tv...
Eu descobri que não se deve deixar para fazer amanhã o que eu posso fazer hoje...
Eu descobri que não sou um super-heroi como eu brincava quando era pequena, pelo contrário, sou um ser humano frágil, sujeito a cometer diversas falhas...
Eu descobri que todas as vezes que tentei ser melhor que alguém eu quebrei a minha cara...
Eu descobri que devo pensar no meu crescimento não como forma de provar pra alguém que posso ser boa, mas que devo provar para mim mesma o quanto sou realmente boa e como é grande a minha capacidade de superar obstáculos...
Eu descobri que querer é poder sim, depende apenas no tanto de vontade que coloco no meu querer...
Eu descobri que desistir não é o melhor remédio para amenizar ou esquecer meus problemas, é melhor morrer tentando do que viver com o peso de não ter tentado...
Eu descobri que existem pessoas orgulhosas e que de maneira alguma se rebaixam, mesmo que certas situações o corroam e o faça infeliz...
Eu descobri também que existem pessoas que não aceitam opiniões, nem ordens, simplesmente pelo fato de acharem que na sua vida niguém deve se meter, não se atentado que nesse modo infantil de pensar, acabam se dando mal...
Eu descobri que existem pessoas que são conformadas com aquilo que vivem e que por isso estão fadadas a impedir seu próprio crescimento...
Eu descobri que se deve conhecer alguém para depois se fazer um julgamento, seja para o bem ou para o mal...
Eu descobri que existem pessoas ruins em qualquer lugar que se vá, até mesmo dentro das igrejas que deveria ser um lugar merecedor de respeito...
Eu descobri que as vezes nem tudo que parece ser realmente é...
Eu descobri que o único lugar em que sucesso vem antes de trabalho é no dicionário, e que o trabalho dignifica o homem...
Eu descobri que posso fazer da minha queda um crescimento e do meu choro uma purificação para a minha alma...
Eu descobri que o meu crescimento físico não determina meu crescimento intelectual e moral, o que determina na verdade são as experiências que ja tive e que ainda terei ao longo da minha vida...
Eu descobri que servir a Deus com fervor e sinceridade é o melhor caminho para a vitória...
Eu descobri que posso tentar o quanto eu quiser ser perfeita que nunca serei, a perfeição não é característica do ser humano, perfeito somente Deus, somos dotados de falhas constantes...
Eu descobri que não sou obrigada a concordar com o modo de vida, de crença e com a opinião dos outros, mas que é necessário respeitar, mesmo que para mim aquilo tudo seja um grande erro...
Eu descobri que não posso agradar a todo mundo, enquanto para uns eu sou um poço de meiguisse e bondade, para outros sou o egoísmo e a bossalidade em pessoa...
Eu descobri que devo sempre tirar algo de proveitoso de tudo o que me dizem, seja algo bom ou ruim...
Eu descobri que amor igual o de mãe não há, mesmo que ela não seja do tipo carinhosa...
Eu descobri que amar não é somente dizer "eu te amo", mas também são atitudes e gestos que praticamos ao longo dos dias, semanas, meses e anos...
Eu descobri que se deve pensar muito bem no que se diz antes de falar, pois a palavra não volta, e apenas uma pequena palavra pode mudar todo o rumo de uma história...
Eu descobri que ser feliz não é ter uma boa casa, ter um carro da moda, um guarda-roupa cheio de roupas e sapatos ou ter muito dinheiro, mas sim ter amigos com quem posso contar, uma familia para me apoiar, é conseguir dar aquela gaitada mesmo quando todos estão sérios, é simplesmente abrir aquele sorriso pelo simples fato do sol estar brilhando lá fora...
Eu descobri que você pode ter milhões de amigos, mas saiba quem você coloca dentro da sua casa...
Eu descobri que aquele ditado que diz " diga com quem tu andas que eu direi quem tu és" realmente funciona...
Eu descobri que as três melhores coisas da vida é dormir, comer e amar...
Eu descobri que não é porque fui mal tratada, ou tive um dia péssimo que devo descontar nas outras pessoas, elas não tem nenhuma culpa de eu estar estressada...
Eu descobri que detesto ficar calada, mas que as vezes é a melhor atitude a ser tomada...
Eu descobri que as vezes preciso fazer coisas que não gosto para obter um retorno mais tarde...
Eu descobri que devo agradecer todos os dias por ter pés mesmo que sejam muito feios, mãos mesmo que sejam grandes, devo agradecer porque sou uma pessoa aparentemente normal, pois exitem muitas pessoas que gostariam de estar na minha condição e não podem...
Eu descobri que as vezes o que as pessoas acham de nós importa sim...
Eu descobri que ciume, orgulho, avareza e outros pecados por aí não me levam a nenhum lugar a não ser ao fracasso...
Eu descobri que posso tentar melhorar sempre, desde que eu me empenhe para isso...
Eu descobri que Deus é o sentido da vida e que por isso devo ama-lo respeita-lo acima de todas as coisas...
Eu descobri que um amor, familia e amigos fazem total diferença em nossas vidas...
Sim, Todas essas coisas Eu simplesmente descobri !


Hérica Cardoso
Enviado por Hérica Cardoso em 17/05/2011
Reeditado em 18/05/2011
Código do texto: T2975302

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Hérica Cardoso
Palmas - Tocantins - Brasil, 22 anos
31 textos (10180 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/12/14 07:13)
Hérica Cardoso



Rádio Poética