Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

___CARTA DE DESPEDIDA___




Oi meu nome é Fernanda para você uma estranha, para o mundo uma estatística,para os conhecidos uma desconhecida,para família um membro,para os amigos alguém.Por falar em estranha, coisas estranhas sempre me acontece,incrivel, eu vejo coisas que as pessoas proximas a mim nao ver, sinto cheiros que só meu nariz percebe, ouço coisas que só meus ouvidos escutam,sinto e sonho coisas que acabam acontecendo e quanto mais nego isso parece que só para me deixar mais irritada mais acontece, devo ser mesmo um ser estranho.
Estou aqui para agradecer e me despedir, agradecer a você pelas vezes que me permitiu entrar na tela do seu computador, agradecer você por ter me lido, no recanto das letras, quando na verdade eu queria apenas um desabafo ainda que fosse em forma de poesia para que a solidão não me consumisse e quem sabe levar a você de certa forma algo que o fizesse rir, fantasiar, talvez ate se irritar sei lá, mas este é o meu jeito, o mundo já nos brinda com tantas violências diárias, então porque não criar um pouco de fantasia para fugir de algo que vem se tornando tão normal que é a violência, o descaso, a falta de afeto.
Já percebeu o quanto somos próximos de corpos e distantes de atenção  e carinho?Algumas pessoas se julgam cem por cento corretas e apontam os defeitos das outras se tornam preconceituosas nunca chega na outra para lhe perguntar realmente como ela está, mas o ser humano em sua maioria tem o dom  de criticar mais do que elogiar.
Não é mentira somos egoístas para elogiar e no entanto generosos para criticar,enquanto isso encobrimos  nossos defeitos, não estou aqui para julgar ninguém cada um é dono de si, vamos agradar as pessoas pelo que somos e vamos despertar raiva nelas também pelo que somos.
Eu não sou uma pessoa famosa que a mídia persegue que faria você perder tempo comprando revistas com fotos minhas para saber onde estive que roupa usei quem eu peguei, mas sou um ser humano assim como você.
Que trabalha, que tem filhos, pais,irmãos amigos reais e virtuais, alguém que chora, que rir que faz piada da própria desgraça,que sente tesão, que cria ilusão, que nasce na luz morre na escuridão, que levanta, trabalha,  come,dorme,mija,caga sente dor enfim, um ser humano que também tem contas a pagar que já passou noites acordadas com problemas ou na balada(quando ainda era jovem).
Nunca abri minha vida pessoal assim mas antes de partir gostaria que você soubesse um pouco sobre mim,não sou um demônio mas estou longe de ser uma santa.Tenho meus pecados tenho meus medos, tenho meus desejos de concretização.
Vou tentar reduzir um pouco,  afinal 31 anos não são 31 dias mas pode tomar 31 minutos seu tempo desta pessoa que é estranha para você talvez ate consigo mesma.Não estou querendo bancar a coitadinha só quero que você tente me ver como eu sou aqui na net a gente sempre esconde um pouco sobre nós, afinal nunca sabemos quem esta do outro lado não é verdade?Só gostaria que antes de partir você soubesse quem eu sou ou parte do que sou.
Quando eu nasci minha mãe trabalhava em uma casa de família, era mãe solteira, naquela época era quase uma prostituta uma mãe solteira, nos tempos de hoje verdadeiras guerreiras, a primeira coisa que lhe aconteceu foi ter as costas de sua família como resposta.
Eu era praticamente um erro e minha mãe se tornara uma perdida e sem rumo,a família foi a primeira a recusá-la,a patroa dela com pena talvez a deixou ficar comigo por uns meses na casa dela desde que ela ficasse comigo no quartinho onde o cachorro dormia afinal ela não queria choro de criança nos ouvidos dela, então minha mãe foi para o quartinho do cachorro, meu pai era muito jovem ela também, ele tinha começado um emprego novo e não tinha como pagar um aluguel, enfim uma única tia minha que trabalhava na mesma casa ajudava a cuidar de mim, a minha primeira cama foi uma mesinha de centro destas de colocar revista com um travesseiro que servira como colchão, dormia eu minha mãe minha tia e o cão.
Foi assim por seis meses até que a patroa da minha mãe a despediu.Meu pai conseguiu um barraquinho em um cortiço em uma favela em Belo Horizonte era o que podiam pagar e foi assim por dois anos e meio quando minha mãe descobriu estar grávida e de gêmeos, nasceram de 8 meses muito doentes a ponto do medico dizer que era para ela levar os dois para morrer em casa, como passava maior parte do tempo em hospital ou correndo atrás de batalhões da PM, e dos Bombeiros atrás de doadores de sangue para meu irmão ela precisava me deixar com alguém e me deixava com uma moça chamada Ana.
Ela sempre me batia e dizia para minha mãe que eu tinha caído, certa vez minha ame precisou ficar o dia todo no hospital,e ao chegar a noite em casa perguntou a Ana onde eu estava e ela disse que tinha me colocado no banheiro porque eu tinha chorado demais, ao abrir a porta minha mãe me viu dormindo com a boca suja de cocô toda mijada e com as mãos sujas era o que eu tinha comido durante sua ausência.
Desde então ela passou a me levar com ela para o hospital esta fase da minha vida eu chamo de:COMEÇO
Enfim aos 5 anos de idade fomos morar na roça ela ia plantar horta mais o meu pai e eu ficava cuidando dos gêmeos, e da casa, me lembro que certa vez um primo de meu pai deveria ter uns 30 anos me levou até o moinho de água ficava no meio do mato, eu lembro que tinha uma pedra grande ele me sentou no colo dele e enfim...Me machou no fisico e na psique.Violentou não só um corpo,mas minha inocencia.E disse que se um dia eu abrisse a minha boca ele mataria meu pai minha mãe e meus irmãos e me mostrou uma faca.
Deus que me perdoe mas agradeço por ele já estar morto.Só lamento não poder ter tido a oportunidade de dizer a ele o que eu pensava dele.
Esta parte da minha vida eu chamo de:NOJO
Mas a vida na roça tinha seus encantos, correr no meio do mato, descer do pasto na casca de coco, sentar no bambu verde para ele nos arremessar a distancia, beber água na folha de inhame,comer fruta no pé, criar nossos próprios Brinquedos aprender a trabalhar desde cedo,
Ser feliz com pouco tendo o mundo como tudo,enfim sai da roça fui para a cidade aos 7 anos cidade modizê né interior também,certa vez indo para a escola eu era novata tinha uma quitanda eles pararam, pegaram uma penca de banana e colocaram na minha mão, quando a dona veio eles saíram correndo e eu fiquei lá parada, a mulher ficou irada e perguntou meu nome e onde morava e eu disse e a levei ate em casa, ela disse para minha mãe que eu havia roubado as bananas dela, aquele dia minha mãe me bateu tanto mais tanto que eu urinei de fiquei cheia de hematomas, eu nunca senti tanta dor na minha vida, não sabendo eu que futuramente sentiria outras tão fortes que os hematomas seriam na alma.Duas semanas depois ela descobriu que fui vitima de crianças espertinhas a resposta dela para mim:Desculpa mas isso é para te deixar esperta.
Esta fase da minha vida eu chamo de:APRENDENDO A CONHECER O SER HUMANO.
Aos 15 anos conheci meu primeiro amor foi o maior que senti e o mais doloroso também,demorei um ano para conseguir um beijo dele eu era apaixonada por ele era como se só ele existisse no mundo, namoramos  até o dia em que saindo da escola,ele estava beijando outra menina na minha frente e não se incomodou com a minha presença, mas ele foi uma pessoa que eu jamais esqueci,é uma boa pessoa éramos jovens,mas nunca amei como amei ele, esta parte da minha vida eu chamo de:CONHECENDO A DECEPÇÃO AMOROSA
Ainda na fase dos 15 fui tomar banho de rio meu vizinho viu e contou para minha mãe, ela foi me buscar na porta da escola e ao chegar em casa me perguntou 3 vezes se eu tinha ido e eu disse que não por medo de apanhar não sabendo eu que a esta altura ela já tinha interrogado meus irmãos, até que ela veio com a bermuda jeans molhada e me surrou a ponto de ficar mole
Esta parte da minha vida eu chamo de:JAMAIS MINTA POR PIOR QUE SEJA A SITUAÇÃO.
Entao ela disse que eu iria para a lavoura de café trabalhar na colheita, acho que mais tardar ela ficou com dó e disse para eu ficar em casa e lavar a roupa, no outro dia cedinho acordei com minha irmã me chamando dizendo que era para eu ir para a lavoura que assim eu ganhava dinheiro e comprava uma sacola de arroz e minha ame ficaria feliz e que ela cuidaria da casa no meu lugar.
Esta fase da minha vida eu chamo de:NÃO DESCUMPRA ORDENS DE SEUS PAIS
Enfim levantei empolgada arrumei uma marmita que tinha arroz e ovo,não cheguei na metade do caminho estava eu e mais 8 pessoas um carro veio na contra mão a 120km/h e bateu no que estávamos, eu me lembro de acordar no meio do mato abri os olhos um silencio um céu azul ao olhar para minhas mãos e meu pé retorcido igual um curupira minhas mãos cheias de pedaços de vidros e sangue todos os sons vieram de uma só vez,foi quando um ônibus da viação São Geraldo parou e um caminhão de verduras nos levou para o hospital
Iriam amputar metade da minha canela para baixo, meu tornozelo esmagou e não tinha o que fazer acho que ninguém chorou mais do que eu implorei supliquei fiquei 8 horas numa sala de cirurgia 4 placas e 4 pinos 60 dias de cama sem se mover, minha irmã tinha 12 anos e a caçula 5 minha Irma assumiu os serviços da casa no meu lugar e ainda tinha que cuidar de mim, sem contar que eu tirei ela da cama porque dormia ela, eu e meu irmão numa única cama, meu pai era caminhoneiro e morávamos de aluguel a casa tinha o banheiro do lado de fora era uma privada parecida com fossa.
Foi 60 dias banho na cama urinar e defecar na cama, ate que um dia senti muita dor abri o gesso e os pinos estavam saindo foi outra cirurgia para retirada , fiquei 3 dias em coma e mais 60 dias de cama, sem poder mexer para que o osso viesse a calcificar.
Desaprendi a andar pode ter sido psicológico aos 15 anos de idade eu me tornei um bebe e meus pais precisaram me ensinar a andar de novo demorei quase 3 meses para poder ficar de pé sozinha e andar com dificuldade.
Esta parte da minha vida eu chamo de:RENASCIMENTO
Enfim aos 18 anos eu era bonita alta magra cabelos longos sem estrias e celulites alguns rapazes queriam ficar comigo,e um em especial mas eu não queria isso afinal apesar de tudo eu ainda gostava do meu ex primeiro amor, certo dia um rapaz veio para querer me beijar e eu o empurrei ele achou que eu fiz pouco caso dele por ele ser negro, jamais sofri de qualquer preconceito raça, cor, religião, então ele disse que eu ia ver.
Meu pai era alcoólatra e quando bebia se tornava uma pessoa violenta com os filhos, ele chegou no bar e disse bem alto para que meu pai pudesse ouvir que tinha me visto transado com um cara dentro de um carro.
Neste dia eu tinha chegado da lavoura de café onde eu trabalha de segunda a sábado das 6 da manhã as 18 para ganhar 20 reais por semana e ainda ia para a escola a noite, e minha mãe trabalhava de cozinheira em um restaurante, eu só me lembro de sentir um impacto no rosto e meu prato cair senti um gosto de sangue misturado em meio a comida na minha boca, foi assim que em 30 dias seguidos sem minha mãe saber que eu paguei por ter desonrado a minha família, e foi assim também que de 62 kg eu fui para 49 em um único mês e ai fui perdendo a vontade de comer,beber,dormir e viver.Fui taxada de tuberculosa,aidética e prostituta, por alguns vizinhos.
No ultimo dia ele me bateu tanto porque todo dia tinha um amigo de copo que tocava no assunto, que ele pegou um travesseiro e começou a me sufocar neste dia minha ame chegou cedo e viu, o arrancou de cima de mim e só então ela soube o que tinha acontecido e porque eu tinha cortado meus longos cabelos que era para ele não segurar neles e bater minha cabeça na parede.Então ela foi atrás de quem começou tudo e ele disse que tinha ficado com raiva de mim e não imaginava que meu pai fosse fazer tudo isso.A resposta dele veio como:
Desculpa!
Esta parte da minha vida eu chamo de:NOVAMENTE ME SURPREENDER COM  O SER HUMANO.
Aos 20 anos conheci um rapaz morava em SP tinha ido a Minas para passear na casa de uns familiares, nos conhecemos em uma festa de rodeio, lindo e simpático educado, trocamos telefone, endereço e começamos a namorar a distancia ate que ele veio me ver em Minas, me apresentou aos seus familiares,e assim foi ate os meus 22 anos quando me casei no civil e na igreja, tive que vir embora ele sempre morou aqui e eu lá, mas como havia me casado eu tive que vir para SP deixei tudo e todos troquei o céu azul e o verde do mato por um céu cinza e um mundo de concreto cruis credo sô, em nome do amor.
Esta fase da minha vida eu chamo de:MUDANÇA
A primeira vez que minha mãe veio na minha casa eu tinha quase 3 anos de casada meu marido virou para ela e disse que não me amava mais.Eu sem saber o que estava acontecendo fiquei sem ação senti meus pés saírem do chão, eu implorava pra ele chorava dizia que o amava o que eu tinha feito e ele só dizia que não me amava mais e queria que eu fosse embora.
Eu queria saber o que eu tinha feito, eu cuidava da casa, comida, roupa, não deixava a desejar na cama, enfim nada mudava a opinião dele,então eu disse que iria era so pra ele esperar um pouco para que o povo não achasse que minha ame tinha vindo me buscar, a esta altura minha menstruação estava atrasa a quase 3 meses,mas sempre foi assim eu tinha ovários micropolicisticos sempre fazia exame e nunca dava nada, de 2 em 2 meses e nada so que antes de ir embora eu fiz um exame por desencargo de consciência e ele foi buscar no dia, eu lembro que estava conversando com uma cliente eu sorri e perguntei o porque ele estava de cara feia afinal eu não estava sentindo nada eu poderia estar tudo menos grávida, ele apenas jogou o papel na minha cara e saiu para nossa casa.
Quando eu abri quase cai dura estava eu grávida, justo naquela situação então eu fui pergunta-lo se ele estava com raiva de mim e ele disse que estava com raiva dele porque não gostava de mim e não queria a criança.
Esta fase da minha vida eu chamo de:DIANTE DO ABISMO E DA LUZ
Eu disse que ia embora meus sogros disseram para eu fazer ao exames aqui primeiro e depois eu ate poderia ir, e fiz so que quando fui descobrir o sexo do bebe ele quis ir e quando descobriu que era uma menina ele mudou comigo e disse que me amava e não queria que eu fosse embora, advinha?eu não fui.

Em 2009 eu tinha ido ao centro da cidade comprar chocolate para fazer o ovo de páscoa  dele, comprei uma lingerie e fiquei o esperando ele chegou um pouco tarde foi tomar banho nunca fui de mexer no cel dele, revirar carteira, sempre confiei cegamente nele.Só que o celular dele começou a tocar sinal de msg sem parar eu fui pegar para levar para ele no banho e vi que eram mensagens de internet destas que vem com informativo enfim abri uma de curiosidade nunca tinha feito isso nem carta dele eu abria, eu quase cai dura na hora que eu li:
Beijos meu amor, te amo adorei o momento que passamos juntos sonha comigo sua déia.
Li uma de 14 que vieram não tive coragem de ler o resto ele chorou, implorou, pediu perdão desculpa disse que nunca mais ia fazer aquilo que só ficou nas mensagens que me amava demais que era para eu dar uma chance.Eu dei
Esta fase da minha vida eu chamo de:BURRICE
Na data em que se fazia exatamente 1 ano da suposta traição segundo ele não passou de mensagens (humrum só a tonta aqui mesmo para acreditar)eu estava lendo e peguei o celular dele para ver a hora e bateu a coceira da desconfiança no dedo e advinha?
Encontrei varias mensagens dele para outra mulher onde ele enviara de 4 a 5 por dia dizendo eu te amo enquanto eu ficava em casa igual uma idiota ele dizendo eu te amo para uma mulher que nunca passou um dia de dificuldade com ele.Ele mais uma vez me pediu desculpa disse que não saiu das mensagens inclusive enviou para a antiga também
Desta vez eu não chorei, não gritei, eu só olhei para ele e o silencio gritou por mim.
Esta fase da minha vida eu chamo de:DESCONHECER O CONHECIDO
Decidi tocar a minha vida, aprendi que o maior amor que você pode sentir é o amor próprio, aprendi a não esperar nada de ninguém para que eu possa me surpreender ainda mais, que nem sempre a pessoa que você dorme e convive você a conhece, porque todos nós temos a imagem que criamos e a que gostaríamos que fossemos, temos nossos lados ocultos.
Aprendi que se gritaria resolvesse porco não morria,que se pode ser sexy e ter prazer ainda que seja de um modo ½ solitário,que você pode ir além do que você é e que fantasias sexuais são as melhores de serem vividas, que o segredo da felicidade é saber cair nas tentações e que desculpa é só uma meia resposta que o ser humano  inventou para substituir o perdão.Mas não posso julgar meus pais pelo tratamento ao qual nos deram, tem sue se olhar a historia de vida deles, como cobrar amor,carinho se elas nunca tiveram era outra criação, e esta coisa da gente dizer que quando tivermos nossos filhos não vamos fazer com eles o que nossos pais faziam conosco é quase uma lenda, quisera Deus fosse mentira, nao digo de sair por ai surrando ao invés de dialogar, mas na minha época ou se aprendia por amor ou pela dor, se nao aprendia ganhando aprendia perdendo, se não tinha respeito ia ter pelo menos um pinguim de medo.
Nunca fomos pessoas providas de bens materiais mas meus pais deixou para mim e meus 3 irmãos 3 grandes tesouros:
HONRA
DIGNIDADE
RESPEITO AO PRÓXIMO
Diziam que estes 3 conhecimentos se soubessemos levar durante toda nossa vida, o mundo poderia nos tirar as roupas,o abrigo,o que comer,o que beber, mas isso só nós tirariamos de nós mesmos.
Que estes eram 3 segredos dos quais o mundo abriria suas portas, e graças aos meus pais eu e meus irmãos nunca tivemos uma passagem pela polícia, nunca pegamos nada de ninguem e sempre soubemos respeitar os mais velhos e a decisão do próximo ainda que nao concordasse com ela.
E que uma pessoa sem, estes 3 tesouros morre em vida, e mais que deveriamos sempre ajudar o proximo e que jamais deveriamos nos vangloriar diante do que fizessemos pelo contrario deveriamos ocultar.
Mas quando o bem fosse feito a nosso favor deveriamos aplaudir quem o fez e agradecer a Deus.E assim segue a nossa simples e humilde porém abençoada vida.
Descobri que é melhor ser espinho do que ser a rosa, e que não vai ser estes pequenos obstáculos que vão me barrar neste breve instante da minha vida, porque viver é ir além mas desde que você vá sabendo que seus atos seu destino.Saiba também que ninguém é dono de ninguém e que não perca uma noite de sono porque esta preocupada ou não se alguém vai te fazer bem ou mal trair ou ser fiel, a única coisa que é esperado é o inesperado.
E que graças aos meus pais hoje sou uma pessoa com quase 32 anos eu nunca tive uma passagem pela policia, nunca roubei ninguém, nunca matei ninguém, se for roubar que roube beijos se for para matar que seja de prazer porque eu vivo o agora o depois é só o depois a vida foi feita para viver e é o que eu estou tentando fazer de maneira certa ou errada não tenho como saber, se você me leu até aqui eu só tenho que agradecer.Viva a vida!Viva com intensidade e jamais permita que as porteiras da vida te impeçam de passar.Não sou uma coitada talvez eu tivesse que passar por tudo isso para descobrir que as vezes as trevas nos levam, a luz.Não sou um demonio mas estou longe de ser santa e quer saber? estou me redescobrindo depois dos 30 :).Pensa que estas besteirinhas vão me fazer parar?cair numa depressão?Que isso eu hein? eu quero é viver, seria o fim? e daí se for? o fim é só o inicio de um novo começo e eu começo sempre ainda que o sempre nao exista eu quero é viver o agora!
Quem sou eu?
Um erro do passado tentando acertar no presente só isso.Uma mineira lá dos fundão das Mins Gerais,caipira que ta ai nas ruas de São Paulo trabalhando  oras de cinza oras de preto as vezes colorida vagando e talvez voce ate passe por mim e nao me veja mas estou ai para ajudar com um simples aceno de mão e sorrindo para a vida ainda que ela me ofereça momentos de dor, mas a dor serve para te mostrar que você está vivo!Detalhe eu tenho artrose generalizada em toda região do tornozelo,pé e tíbia, e esta começando nos joelhos devido ao acidente e você acha que eu deixo de pular dançar e bincar comigo mesma?ainda que eu esteja sozinha?Nada que uma musica e um pouco de loucura nao resolva.
Obrigada aqui eu me despeço e agradeço por todo este tempo que lhe tomei.O mundo é meu e não eu sou dele, dá licença a vida me espera de malas prontas vamos?!Aqui adormeceu uma Fernanda, porque Eu desperto o agora.
Fernanda Maia Oliver

Ps:Me perdoe os erros gramaticais.
Fica aqui meu endereço de email caso queira um dia dizer um oi, só nao vale me xingar rs o tempo que você vai perder me xingando você pode dar um beijo em alguém,ah esqueci de mencionar na historia tive um amor platônico melhor ainda tenho rs,também mas este eu nao posso dizer quem é rs.Mas ele sabe se me ler vai dar um sorriso rs.
maia-escorpiaosedutor@hotmail.com
Fernanda Maia Oliver
Enviado por Fernanda Maia Oliver em 06/09/2011
Reeditado em 05/10/2011
Código do texto: T3203310

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Maia Oliver
São Paulo - São Paulo - Brasil, 34 anos
563 textos (142408 leituras)
2 áudios (671 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/14 08:15)
Fernanda Maia Oliver



Rádio Poética