Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Liderança


Vincent Benedicto
30/08/2005

Para exercer a liderança é preciso poder ou autoridade?

Essa é a pergunta que faço em minhas palestras e a maioria da platéia não sabe responder.

Embora possa parecer a mesma coisa, são diferentes ou distintas.

Antes mesmo de Júlio César conquistar o mundo, o homem é fascinado pelo poder.

O poder pode ser resumidamente demonstrado em sua hierarquia, da seguinte forma.


Na área militar:


General

Coronel

Capitão

Tenente

Sargento

Soldado



Veja que o poder pressiona verticalmente seus subordinados.

A ordem é dada e os subordinados obedecem. E a corda sempre arrebenta no lado mais fraco, obedecendo a lei de Murphy.



 \"Se alguma coisa pode dar errado, dará. E mais, dará errado da pior maneira, no pior momento e de modo que cause o maior dano possível.\"



Os primeiros a serem mortos na guerra sempre são os soldados, e de forma dolorosa em seus piores momentos.

Note que de baixo para cima estão aqueles que servem ao seu senhor o todo poderoso.

O poder pode mandar explodir uma bomba no Japão, pode começar uma guerra no Iraque, pode impor sanções econômicas aos países menos desenvolvidos. Mas não pode acabar com a fome, com o desemprego ou erradicar uma doença simplesmente por um decreto. Para fazer valer suas decisões é preciso convencer o parlamento, que por intermédio de projetos de lei e da conscientização da sociedade, terá autoridade para implementar e fazer valer as decisões do poder.

Este mesmo modelo foi usado no mundo dos negócios, pelas grandes empresas.


Na área empresarial:


Presidente

Vice presidente

Diretor

Gerente

Chefe

Ralé mortal desqualificada



Não poderia ser diferente! O mais ralé dos mortais servindo ao patrão o seu senhor todo poderoso. Na maioria das vezes é despedido sem explicações e na hora em que mais necessita do emprego.

Mas com a revolução tecnológica que aconteceu no planeta, os grandes dirigentes das maiores empresas do primeiro mundo, acordaram e viram a necessidade de mudar radicalmente essa estrutura.


Veja.


Ralé mortal \"qualificada\"

\"Líder\" no lugar do chefe

Gerente

Diretor

Vice presidente

Presidente



Novamente vemos aqui a lei de Murphy explicitamente clara.



\"Toda solução traz um novo problema\".



Pois passaram a servir ao invés de serem servidos.

Na realidade eles agora precisam exercer a liderança de mercado.

Com a chegada da nova tecnologia da informação e comunicação, onde o mundo se transformou em uma aldeia global e em questão de segundos você se comunica com qualquer parte do planeta, perderam o poder absoluto em vendas porque seus produtos agora tem concorrência, e essa, está em toda a parte a qualquer momento.

Deixaram de ser os únicos, absolutos e exclusivos.

O presidente e o vice, delegam poderes ao diretor que por sua vez abre caminhos para o gerente que vai dando diretrizes ao seus líderes e esses com habilidades vão ensinando e orientando os \"antes despreparados\" agora treinados cada um em sua função para representar a empresa perante o mercado.

Então chegou a hora de exercer a autoridade de um grande empresário, de um grande grupo, para ser líder de mercado.



Então vimos que o poder é o direito de decidir, de mandar e governar.

Mas para fazer valer a decisão do poder é preciso ter autoridade.



A autoridade, por sua vez, é a influência exercida de modo natural sobre alguém ou sobre alguma coisa.

É preciso ter habilidade para exercer a autoridade em todos os setores.



Liderança é ter o comando, a direção, a hegemonia, a preponderância, a proeminência, é ter o domínio, é ter a situação sob controle.

Mas para liderar é preciso abrir mão do poder.



Jesus Cristo foi e é atualmente o maior líder do universo.

Em sua passagem pela terra temos vários exemplos onde ele abriu mão do poder que lhe foi dado pelo ser Supremo \"DEUS\" e usou a autoridade.

Um exemplo claro disso, é o da mulher prostituta e adúltera que lhe foi apresentada e a lei da época à condenava a morte pelo apedrejamento.

Ele com todo o poder que tinha, usou de sua autoridade e não a condenou.

Pelo contrário, convenceu seus acusadores, escrevendo na areia que eram iguais ou até piores do que ela.

Outro exemplo é o da crucificação! Ele tinha poder para destruir todos os seus inimigos.

Mas para não perder a liderança e dar exemplo aos seus seguidores, suportou a morte e ainda perdoou o ladrão que fora colocado a seu lado na cruz.

Claro que nós mortais não temos esse cacife! Mas o que estou tentando passar a você, meu querido leitor, é que o poder é cruel, egoísta e as vezes deixa marcas que nem o tempo pode apagar.

Já a autoridade é exercida com o diálogo, com influência, com habilidade, com determinação.

Experimente a partir de agora abrir mão do poder e ter autoridade sobre tudo a sua volta.

Deixe de ser o \"chefe\" com poder absoluto, tome posse da autoridade e seja o líder da família.

Seja o líder de sua repartição na empresa. Seja o líder de sua profissão, seja o líder da sua turma de amigos.

A liderança não se compra. Se conquista.

O líder não tem subordinados. Tem seguidores. E os que te seguem são voluntários por que acreditam nos seus ideais.

Exercer a autoridade é mudar de comportamento, é ser amável, é convencer dialogando, é compartilhar suas experiências, seus sucessos e fracassos, é acordar de manhã e dizer bom dia a si mesmo, é amar o próximo, é amar a natureza, amar o criador, amar a arte, amar seus filhos, amar sua família, amar a vida.

É nutrir-se de coisas boas, é acreditar nos sonhos, é nunca desistir de seus objetivos, é viver o presente como se não existisse o amanhã, é dizer não as coisas más, é se livrar do pessimismo, é acreditar em si mesmo, é acreditar no seu próximo, é saber elogiar a quem merece, é dar o prêmio a quem realmente venceu, é reconhecer o seus erros, é se sacrificar em abrir mão do  poder, é dividir o seu conhecimento, é dar o ombro para uma cabeça amiga na hora de suas angústias, é fazer com que as pessoas que te cercam tenham orgulho de você pelas suas atitudes, pelos seus conselhos, pela sua tolerância, pela sua bondade, pelo seu gesto, pelo seu olhar, pelo seu amor, pela sua determinação, pela sua persistência, enfim... por você ser o exemplo.

Faça do seu poder a maior autoridade no amor.

Seja um líder.

Vincent Benedicto
Enviado por Vincent Benedicto em 02/09/2005
Código do texto: T46939
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vincent Benedicto
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
477 textos (144381 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:22)
Vincent Benedicto