Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Conhecer a História da África!


Conhecer a História da África, os seus povos, seus costumes, seu passado, suas tradições, vêm sendo um movimento recorrente nos espaços escolares, uma vez que, na atualidade, se reconhece as contribuições deste continente na construção da história brasileira.
No entanto, para ter o conhecimento da história deste continente difundido nos bancos escolares, houve a necessidade da instituição de uma Diretriz, isto é, de uma Lei (10.639/2003) que tornasse obrigatório tratar da cultura afro-brasileira e História da África nas escolas. Se pensarmos bem, é espantoso que isso tenha de ser estabelecido por lei, tendo em vista a importância desses temas para a compreensão da nossa sociedade.
Em sua opinião como deveria ter sido este processo de inserção dos temas cultura e História da África no currículo escolar?
Seria necessário a imposição de uma lei, ou seja, seria necessário uma lei para garantir que os estudantes tenham acesso a estes conhecimentos?
Agora é com você, caro(a) aluno(a), opine sobre este assunto, pois é relevante para a sua formação.
Acesso aos conhecimentos direito dos estudantes!
E por falar em mistura, mescla, não podemos esquecer que somos frutos do encontro da diversidade de grupos étnicos ameríndios, europeus e africanos. Como brasileiros, devemos ser conscientes de que a história da África e a história do Brasil são intimamente ligadas, e o resgate histórico do Continente Africano se faz necessário. Em um país como o nosso, não se pode ignorar a cultura africana, pois, influenciou na nossa origem e influencia até hoje nossa história, nossa cultura. É vergonhosa para um País que se desenvolveu a custa da escravidão ter que criar uma lei específica que conte esta história, e pior, para reparar erros que retratam a escravidão apenas do ponto de vista Europeu e evidenciando o negro como ser inferior, sem retratar o real valor do negro aqui no Brasil, e seu legado cultural . Infelizmente a lei 10.639 na prática ainda esta aquém do que deveria ser, pois as escolas não tratam a questão com o seu devido valor.   Tudo que se torna obrigatório acaba por se tornar indesejado. Penso que o estudo e aprofundamento sobre a cultura africana no Brasil devam ser incentivados como uma forma de inclusão educacional que ofereça condições motivacionais a serem estudadas. Pedagogos e profissionais da educação em geral devem descobrir um novo método para se introduzir essa disciplina nos currículos escolares sem, porém, a obrigatoriedade da mesma. Não é necessário uma lei para que os professores incluam em seu currículo de atividades;Pois nós sabemos que no Brasil um país que transpira nossas descendências africanas através das heranças que os antepassados nos deixaram como jogos,brincadeiras e culinária; isto só revela que as nossas tradições não passam de representação dos antepassados. E é por este motivo que desenvolvo com meus alunos o tema de forma espontânea.
A vontade para repassar á eles estes lindos conhecimentos.
Fátima Damiani
Enviado por Fátima Damiani em 11/10/2017
Código do texto: T6139724
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fátima Damiani
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil
2045 textos (20623 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 00:37)
Fátima Damiani