Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Sol nasce para todos.

      No amanhecer de cada dia, o homem se depara com o raiar de um sol que brilha para todos, E, em cada anoitecer, encontra-se com a // escuridão da noite que apaga o brilho do sol do dia que terminou.
     No  silêncio da nossa  existência buscamos  entender o porquê da/ própria natureza, das incompreensões que incompatibilizam a humani-/ dade, com discriminações que distanciam os homens uns dos outros.
     Envergonhados da nossa incapacidade de "SER",   nos escondemos através da escuridão da noite, fugindo do brilho de um sol que irradia/
luz para todos os homens.
    É  preciso que  saibamos entender o direito  de cada cidadão como reflexo da Luz de Deus que clareia a consciência de cada indivíduo,re-
novando a sua existência e dando brilho às suas vidas.
    A nossa existência se reflete à medida que sabemos compreender a
essência dessa Luz como vida e como liberdade dos homens.
    O  sol nasce para  todos e  esparge sua luz sobre o mundo. A cada
amanhecer é como a esperança renascendo a cada dia na vida dos ho-
mens  de boa  vontade,  iluminando-os para  que busquem seu espaço sob a luz do sol que ilumina todas as manhãs.
BLopes
Enviado por BLopes em 24/08/2007
Reeditado em 24/08/2007
Código do texto: T621307
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BLopes
Itapetim - Pernambuco - Brasil, 73 anos
1067 textos (108552 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 11:49)
BLopes