Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desespero da Vida

A vida grita dentro de mim, e o mundo não ta nem ai...
  Ela escorre das minhas mãos, do meu ventre do meu coração.
  Atropela os momentos e chora devagarzinho, sozinha num quarto vazio.
 Ela foge da ganância e da ironia dos homens, da violência do mundo, do cruel destino que nunca chegar a ser o ideal...
   Ultimamente ela não sonha, ela apenas se esforça pra dormir, e vive noites sem descanso, pra continuar, no outro dia a lutar.
 Ela não  tem escolhas, tem desesperos, tem desejos de ser breve, porque  o duradouro tornou-se sofrimento. E no relento de dias sem cor, ela pensa nas pobres crianças da África, que ela trouxe ao mundo, porque não teve escolhas se não torna-las seres e ser vida dentro delas. E isso faz ela gemer mansinho, trazendo uma dor silenciosa, que  poucos  homens conhecem, mas quem sentiu sabe que a vida anseia pela morte.
ANALI
Enviado por ANALI em 27/08/2007
Reeditado em 08/09/2007
Código do texto: T625912
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ANALI
Januária - Minas Gerais - Brasil, 32 anos
56 textos (1852 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 14:13)
ANALI