Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nada acontece... a menos que sonhemos

Hoje eu tive um sonho.
Sonhei que as pessoas de má fé foram banidas da nossa convivência.
Tudo parecia um verdadeiro caos!
De repente, percebemos que algumas medidas deveriam ser tomadas, até porque, não havia mais a figura do mal e o bem parecia perdido, procurando uma saída.
O "prazer" precisava ser banido, até porque, durante muito tempo, foi ele um dos incentivadores do mal.
O "sofisma" teria que ser esquecido de vez, assim, não estaríamos sujeitos a sermos  induzidos ao erro, que, por sua vez, estaria revivendo a figura do mal.
A "hipocrisia" não poderia mais fazer parte do nosso vocabulário, pois só assim estaríamos rodeados de pessoas autênticas, verdadeiras e de boa índole.
O nosso lema teria que ser apenas um: Querer, reconhecer e conservar o bem!
A pergunta era apenas uma: Como fazer tudo isso?
Sabemos o quanto é enorme a diferença de visão entre os homens, eles podem até enxergar o mesmo céu, mas, com certeza, cada um, enxerga horizontes diferentes.
Tentando encontrar a essência daquilo que eu não estava conseguindo enxergar, lembrei-me de uma frase de Victor Hugo, que dizia mais ou menos assim: "Uma boa ação pode ser uma má ação. Quem salva o lobo, mata as ovelhas".
Duas perguntas começaram a me deixar preocupado com o duplo sentido que poderia ser encontrado, no resultado das nossas ações.
Não estaríamos alimentando o mal e imaginando o contrário?
Não estaríamos apenas mascarando as nossas atitudes, assim como muitos vêm fazendo há muito tempo?
Talvez!
Um homem de valor pensa primeiro nos outros, deixando ele sempre por último, Quem sabe poderíamos redescobrir esses valores e simplesmente banir o egoísmo.
Afinal, ele ainda é considerado, uma das maiores  pestes de que se tem conhecimento.
Talvez, eu até esteja ainda sonhando, imaginado o mundo sem as pessoas egoístas.
Principalmente aquelas que nunca estão satisfeitas com suas conquistas e ainda correm atrás das conquistas  e dos sonhos de outras pessoas.
Não sei se seria essa uma saída, mas, como nada acontece a menos que sonhemos, quem sabe seja a hora de dar asas à nossa imaginação e pensar um pouco mais a respeito dessa possibilidade.
Pense nisso!
Jesus Prado Amador
Enviado por Jesus Prado Amador em 27/08/2007
Reeditado em 13/02/2008
Código do texto: T626646

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jesus Prado Amador
Tramandaí - Rio Grande do Sul - Brasil, 67 anos
19 textos (2679 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 21:25)
Jesus Prado Amador