Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mudar

Parado:
O corpo adoece,
O instrumento desafina,
A ferramenta enferruja,
A água estagna,
O saber emburrece,
A máquina emperra,
O sonho adormece...
A vida é movimento, motivação. Motivar a ação é viver, o existir não espera e o tempo atropela as mentes estacionárias.
A inércia mental gesta o vício. O preconceito, a descriminação, racismo, fanatismo, xenofobia, homofobia, maledicência... nascem de mentalidades paralíticas e retrógradas, cristalizadas na letargia dos mentecaptos. Tudo muda, tudo progride, tudo se transforma sob uma dinâmica e irrefreável força a qual nem as pedras conservam-se incólumes. O pensamento reacionário, obsta, retarda mas não impede os avanços (que o diga a História).
Como bem cantou Raul Seixas: “eu prefiro ser essa metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo”.
Os arrogantes não mudam, os prepotentes teimam, os tolos insistem, os sábios aprendem.
Antonio Pereira APON
Enviado por Antonio Pereira APON em 25/09/2007
Reeditado em 14/07/2010
Código do texto: T668065

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (http://www.aponarte.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Pereira APON
Salvador - Bahia - Brasil, 53 anos
158 textos (37703 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 07:30)
Antonio Pereira APON