Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



AZAR NO JOGO, SORTE NO AMOR

Evaldo da Veiga


João do Azar era uma cara legal, papo maneiro,
procurava andar na linha...
Apesar das qualidades, a vida vinha sempre na contramão 
e - pumba!-, bordoada no João. Ele tirava de letra e dizia: -
isso não é nada, pior e não fazer amor!
Era a conformação em pessoa.
Uma bela tarde, o pessoal eufórico com a vitória do Mengão...
Todo mundo enchendo a cara e o João pede uma coca-cola.
Abraços, empurra/empura, a coca-cola se agita, aumenta o gás 
e pluft: o liquido jorrado na cara do delegado. 
Como é que pode um Delegado chegar ali,
naquele momento de comemoração? 
Mas chegou, era a sina do João.
Deu ordem de prisão e até que ficasse bem esclarecido
que o João era honesto e ordeiro, dez horas de prisão
Uma semana após, João vem no seu velho Jipe que perde o freio
e o que acontece? Quase atropela o Delegado, que supondo
uma vingança prende o João, ameaça espancar e foi aquela confusão...
Mas João era um cara feliz, apesar dos pesares.
O amor dava-lhe ânimo para viver alegre: 
amava amar, amava fazer amor, amava a vida,
os bichinhos e a natureza de forma integral
- reclamar de que? - Perguntava ele.
É isso ao invés de edificar uma Igreja melhor é semear, cultivar
e distribuir reflexões; o mundo precisa pensar, sopesar fatos,
distinguir verdadeiro valor...
Menor despesa em construções... o que pode acontecer
em qualquer espaço não precisa de Templos. Sem despesas
e sem cobranças o mundo funcionar melhor,
pensava o João e acrescentava:
- um dos princípios consagrados pelo Mestre: -
amai-vos uns aos outros – sem cobrança, sem falsas promessas
e é pecado gravíssimo vender um espaço no céu.

Moral da história: pra que alongar a história? 
Em pensando encontra-se solução.

Ps. O amor é uma linda troca sem cobranças:
ame viva e deixe viver
.

evaldodaveiga@yahoo.com.br
 



Evaldo da Veiga
Enviado por Evaldo da Veiga em 14/10/2007
Reeditado em 14/01/2012
Código do texto: T694195

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Evaldo da Veiga
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 74 anos
952 textos (314260 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/11/17 21:38)
Evaldo da Veiga