Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VAMOS FAZER. TENTAR, AO MENOS

Evaldo da Veiga

O pessoal lá, tem uma cara todinha assim... 
de quem realmente mora lá.
É assim, lá foram eles ao encontro do cara 
que também mora naquele lugar.
Cada um deles diz que é aquele cara que gosta de ser
e, às vezes, pensa mesmo que é.
Um misto de propaganda enganosa, egocentrismo, 
estúpida auto confiança são casos de segregação, 
nocivos por vocação, desastre de vida na América Latina. 
Eles poluem o aspecto social do ambiente, 
mutila o desejo de evolução, são agentes do engano.
“Nosso inimigo lá não tem Poder, como na terra”.
E não tem mesmo, mas temos que nos proteger aqui e agora.
O Céu vem depois...
Os caras moram no poder. Eles estão onde o descuido 
e a inércia de cidadania os colocaram, ou permitiram que ficassem.
A cara é a mesma, a dos vários protagonistas; se olhados com acuidade,
percebe-se neles, o distanciamento da ética e da decência.
Coloquem lado alado, mesmo que em fotografia:
Fidel Castro, Lula, Hugo Chaves, Evo Morales
e outros notórios latinos americanos no poder,
como titulares ou coadjuvantes bem ligados...
O mal na América latina está interligado e são sócios
na corrupção. No Brasil, uma corrupção voltada para
a riqueza pessoal com desculpa de ideologia do poder.
Em outras partes corrupção em outras modalidades,
mas todas igualmente nocivas à dignidade e verdadeiro progresso.
Sempre se pode fazer alguma coisa. Você pode, pense e busque
tua forma de colaboração. Faça saia da inércia.
Qualquer coisa positiva é mais do que coisa alguma.
Evaldo.

Gostando do texto repasse para os amigos. Não existe solução
absolutamente pronta, temos que ir buscando no caminho.
Evaldo da Veiga
Enviado por Evaldo da Veiga em 18/10/2007
Reeditado em 18/10/2007
Código do texto: T699300

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Evaldo da Veiga
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 74 anos
952 textos (314109 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 03:19)
Evaldo da Veiga