Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sou ser humana demais pra entender

“ Hoje parti na estrada ao longo dessa vida sem nada, deixando saudades daquilo que me faltava...O que me falta afinal? Onde está o vazio que deixei no meu coração? Essa eternidade sobre o amor que desconheço sobre o que é dar...Será que dei pouco? Ou dei nada de mim? O que me falta nesse caminho sem direção?
Onde estou? Quem sou eu? Não sei mais...A vida parece cuidar mais de mim, do que eu cuidar dela...E sem direção eu não sei onde seguir...e pretendo ir, pois não volto atrás...Não volto atrás de minhas decisões..ou melhor, algumas até volto, e talvez porque faz falta corrermos os riscos dessa louca vida...Mas como? Se eu não posso seguir? Ando com presa em uma montanha russa, através de muitas curvas, subidas e descidas, e me desconheço sobre o que pensar do meu coração...

O dia amanhece novamente, a tarde vem e a noite cobre com seu manto escuro o céu...Mas afinal quem eu sou?
Dizem que nenhum poeta se conhece completamente...
Então deve ser por isso que escrevemos muito...pensamos muito...e jogamos definitivamente nossa alma inteira para a ponta dos nossos dedos...seja escrevendo, ou digitando... Sócrates dizia que
“O verdadeiro conhecimento vem de dentro”...
Mas quem sou eu afinal?
Sou alguém que sente, tem desejos, limitações, amor, raiva, alguém que fica por ficar, namora, desfaz um laço, pinta, compõe, faz letras, inventa fatos, sonha, voa, apresa, evita, quer mais, não quer....Alguém que ás vezes sente medo porque acha que vai sofrer, mas antes de tudo vai com coragem, quebra a cara e retorna ao ponto de partida...Sim...retorna ao ponto inicial...
Bem, acho que aos poucos estou descobrindo quem eu sou...

Já disse quase tudo aquilo que eu sou... E na realidade todos nós temos um pouquinho de tudo que falei acima...E ser humano faz parte desse contexto geral...
Sou humana demais para saber quem eu realmente sou e entender onde posso começar novamente, talvez para não se decepcionar, não errar tanto, e caminhar em frente...
Seguir em frente, sem realmente ter medo de fugir daquilo que sou...HUMANA...Sou humana para falar de poesias, amar, chorar, ter sensibilidade...Sou humana, porque Deus quem quis assim e respeito o seu modo de criação e vida...Afinal Ele é o Cara! E eu sou mais uma cara entre rostos de milhares de pessoas que compõem o mundo da sua forma humana de pensar, entender, compreender, agir, raciocinar, e ter tantos sentimentos, ás vezes misturados, ás vezes sólidos, ás vezes confusos, ás vezes corretos...E não quero imitar Deus ou algo parecido, mas só queria encontrar aquilo que fosse melhor para mim...Algo que me completasse de verdade...E que completasse as pessoas também...Tão necessitadas de amor, de carinho, de atenção, de coisas boas...E como eu me pergunto, você hoje também pode estar se perguntando, QUEM SOU EU?
Bem, eu não entendo muito quem somos nós, mas somos heróis e heroinas do mundo...Somos estrelas que vivem vagando a procura de nossa própria luz...Somos humanos que estamos procurando a nossa história...a nossa forma de amar e de viver, de montar um futuro ou um presente...Mas somos definitivamente humanos...e devemos assumir para nós mesmos...SER HUMANO é muito difícil, ainda mais hoje em dia em que as pessoas tomam atitudes totalmente inversas do ser humano...Até porque nós não nascemos para destruir nada, mas para construir...para ser nós mesmos...Somos então lá no fundo de nós...Um pedacinho do céu e também das nossas paixões...
Paixões que de repente por tanto sentir,  podemos nos tornar escravos delas...Mas somos humanos e sentimos frio, calor, ar, brisa, cheiro, adrenalina...
Sentimos muito por ás vezes não termos aquilo que queremos, mas na realidade, tudo que queremos JÁ ESTÁ DENTRO DE NÓS MESMOS...Tudo que precisamos para viver, está dentro, não fora de nós...QUEM SOU EU ENTÃO?  Você é VOCÊ...eu SOU EU...
Maravilhoso viver e saber que somos diferentes, e através das diferenças é que podemos fazer a diferença...Podemos olhar dentro de nós e dizer: EU SOU HUMANA DEMAIS para entender isto ou aquilo...para compreender HOJE quem eu realmente sou...amanhã é outro dia...mas VOCÊ NÃO VAI DEIXAR DE SER HUMANO POR ISSO...”

O ser humano não pode deixar de cometer erros; é com os erros, que os homens de bom senso aprendem a sabedoria para o futuro. (Plutarco)


Roberta Mendes de Araújo
Enviado por Roberta Mendes de Araújo em 01/11/2007
Reeditado em 25/07/2008
Código do texto: T719717

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Roberta Mendes de Araújo
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil, 34 anos
218 textos (63854 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 23:44)
Roberta Mendes de Araújo