Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eia! Sus! Coragem!

Não se curve ao "fardo"
Que julga carregar nos ombros
Nem sufoque o choro
Que o desconsolo prescreve.

Não se refugie no escuro
De indefinidas e grotescas figuras
Nem se habitue à descrença
Em si e no futuro.

Penetra,mansamente,no seu íntimo
Com aspecto declarador
De desinteresse contínuo
De sentido alheio à vida
De vida sem esperanças
E busque a serenidade.

Cada destino,infinitas decorrências
Imprevisíveis e duvidosas.
Não enfraqueça.Reaja!!

Cada interior,inúmeros sentimentos
Confusos e contraditórios.
Não aceite-os.Questione-os.

Cada entendimento,um clarão
Rompendo a obscuridade.

Cada barreira ultrapassada
Uma bênção,em caráter definitivo.
Zuca
Enviado por Zuca em 06/12/2005
Código do texto: T81501
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Zuca
Umuarama - Paraná - Brasil
55 textos (5891 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:12)