Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Essência

Essência
maria da graça almeida

Ainda que eu me transformasse
em dezenas de palavras;
desdobrasse-me
em centenas de letras;
multiplicasse-me
em milhares de versos,
ainda assim,
nunca, com lealdade,
reproduziria minha essência,
pois esta que arraigada me habita
-não por mérito ou, demérito-
jamais poderia ser descrita.

O sentir verdadeiro,
-seja o meu, seja o seu-
aquele que revela o eu
com as nuanças das mais íntimas
e pessoais posturas,
não é passível de escrita,
pois que de sentimentos mais profundos,
por serem intensos e insondáveis,
não se escreve...apenas se sente.

Assim, cada humano,
em seu invólucro perecível,
é o esboço carnal do poema ambulante,
que caminha sobre a alma
da poesia imaterial, etérea...
e intraduzível.

maria da graça almeida
Enviado por maria da graça almeida em 30/03/2005
Código do texto: T8732
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
maria da graça almeida
São Paulo - São Paulo - Brasil
248 textos (14797 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:08)
maria da graça almeida