Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Para um amigo ausente


Caro Amigo
Te escrevo estas palavras
Porque sinto-me feliz
De saber-te comigo
No silêncio frio
Da minha solidão.

Penso que contigo
Posso abrir meu coração

E te pergunto :
Porquê esse peso medonho nos meus ombros
Quando penso no mundo
E não carrego nada ?

Porquê me sinto voar no céu
Quando derramo nas ondas do mar
A minha tristeza ?

E porquê no céu
Sinto-me afundar
Quando meu coração que não aguenta mais
Começa a gritar ?

Porquê essas làgrimas enterradas
No fundo da garganta
Querendo explodir ?

E porquê choro
Pensando em todos
Quando ninguem
Pensa em mim ?

Sei que estais surpreso
Ao ler estas linhas
Mas quero que saibas
Que surpresa maior
È a minha !

Não quero que tenhas piedade de mim
Pois apesar de não ser nada
Sou um pequenino grão de amor
No teu jardim

Quero apenas teu sorriso ausente
Para alegrar este momento presente
Cheio de saudade e de dor

Obrigada Amigo
Aquele Abraço
Aquela Alegria

E mil raios de sol
Mando para ti
Apesar de estar
Muito frio aqui
Rita De Aragão Santana
Enviado por Rita De Aragão Santana em 29/09/2006
Reeditado em 13/06/2010
Código do texto: T251958
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rita De Aragão Santana
Wasquehal - Nord-Pas-de-Calais - França, 56 anos
123 textos (3506 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:30)
Rita De Aragão Santana