Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
001yrprk



A vida é curta!

Queridos amigos, vou mais uma vez abrir minha alma.

O Recanto é para mim um espaço de relaxamento, leio textos de vários autores e de amigos, escrevo algumas coisas, gosto de criar minhas imagens ( as crio do meu jeito ), gosto de enfeitar meus textos, e amo musica, uso e abuso de todos esses itens em minha escrivaninha.

Em meus textos escrevo sentimentos já vividos ou que estou vivenciando, podem ser em relação a mim ou de pessoas que estão a minha volta, misturo tudo, passado, presente e até futuro, escrevo sobre coisas que ainda quero para mim e para os meus, não tenho técnica alguma, não sei elaborar textos apenas escrevo, simples assim.

Quando aqui cheguei a convite de uma pessoa amiga, me encantei, fui muito bem recebida e tratada com muito carinho como até hoje sou, porém o Recanto está mudado, e está indo por um caminho triste.

Está deixando de trilhar o caminho da amizade, do carinho, e principalmente do respeito de uns para com os outros.

Eu sou uma pessoa muito simples, sou pacata, mas não idiota ( rs ), tenho dois filhos, trabalho muito para pagar a formação de ambos, se não vou a sua escrivaninha não é por descaso e sim por falta de tempo, porque se eu não trabalhar não terei como pagar minhas contas ( que não são poucas rs ), meus filhos dependem de mim, só de mim, dependem do meu esforço e de minha força e capacidade de trabalho.

Hoje no pouco tempo que tenho para estar no Recanto o que vejo são intrigas, fofocas, jogo de vaidades e "caça as bruxas", haja visto todos os problemas que já aconteceram e que ainda acontecem por aqui.

Gente vamos acordar, vamos mudar o Recanto Das Letras, vamos fazer dele um lugar de amizades sinceras, de prazer mutuo, um Recanto De Amigos, de verdadeiros amigos, vamos "poetar", duetar, duplicar, "complixcar", brincar, vamos rir e nos apoiar uns aos outros, todos temos marcas na alma e no coração.

Como eu já citei acima " A vida é curta! "
000dc443

ÐäMå Ðë ÑëG®ö

Apenas uma mulher que já riu, amou, se entregou e chorou. Escrevo apenas o que sinto. Muito longe de ser uma poetisa, sou alguém que apenas sente!
Dama De Negro
Enviado por Dama De Negro em 19/09/2007
Reeditado em 19/05/2012
Código do texto: T659410

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dama De Negro
São Paulo - São Paulo - Brasil
1890 textos (146723 leituras)
2 e-livros (329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 12:34)
Dama De Negro