Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Indubitavelmente... você!

Você - sem meias palavras - brilha!
Respiro o seu ar, sem notar que me esqueço,
E que, ao mesmo tempo, renasço a cada dia.
Você - que me arrancou do escuro - luz!
Que Deus me conduza sempre mais sob sua guarda.
Doce anjo, amo-lhe os doces trejeitos,
Próprios de criança que, tropeçando, aprende a caminhar.
Que esteja ao meu lado enquanto sentir-se em plenitude.
E se partir, leve esse coração, feliz pelo amor que há de abrigar pela vida inteira.
 

Mari Pinho
Enviado por Mari Pinho em 14/02/2006
Reeditado em 23/03/2014
Código do texto: T111819
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mari Pinho
Salvador - Bahia - Brasil
17 textos (895 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 11:51)
Mari Pinho