Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um Poeta APAIXONADO

Assim um dia na imensidão de um segundo sentiu-se este

poeta perdido, quando seus olhos foram fitados por uma luz

cintilante, que interferiu seus pensamentos e penetrou sua

alma, em um minuto fez-se chama e em um segundo o tornou

humano; neste dia sem perceber sentiu sua vida preenchida

por um viver único, inexplicável e cheio de surpresas,

repleto de brilho e incrivelmente lindo, que fez de seus

olhos filtro de momentos bons, seu coraçao moradia, seus

lábios fonte de sabedoria e sua alma refúgio de uma louca

paixão, pela qual correu por toda a sua vida procurando e

sem esperar ela o invadiu.

Não foi uma paixão responsável muito menos eterna, foi uma

paixão vulnerável, inconstante e sincera, que pensou ele

não ter mais teto ou sentidos, queria viver apenas como se

fosse o último dos poetas, queria ser chamado de louco, mas

sentir seu coração explodir de felicidade, queria não ser

compreendido, mas prá sempre ser amado.

E assim, o poeta que das rimas e versos, dos lábios de mel

se viu perdido por seus sentimentos cantados e descobriu

que da paixão nasceu então o livre e verdadeiro amor.
Albuq
Enviado por Albuq em 26/04/2006
Reeditado em 26/04/2006
Código do texto: T145840
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Albuq
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 37 anos
17 textos (2680 leituras)
1 e-livros (7438 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:10)
Albuq