Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sou mãe mas peco!

Sou mãe e daí!
Sou mãe que cuida
Que ri,
Que briga quando precisa
Mãe que gosta de brincar
Mãe distraída
Mãe que acha que canta
Mãe que dança
Que brinca de se esconder
Mãe presente e em certos momentos um tanto ausente
Sou mãe que faz cara feia para os filhos almoçarem
Mais às vezes dou um biscoito escondido do almoço
Sou mãe que liga para o celular
Só para saber se está tudo bem
Sou mãe que quer ter os filhotes todos aninhados
Sou uma mãe preferencial!
Mas tenho que admitir meus pecados
Peco por comer os bolos escondidos embaixo da mesa
Peco por mentir que está todos estão de castigo
Peco por tentar ludibriar a tristeza
Peco por querer tê-los por pertinho
Com medo de algo ruim acontecer
Peco quando brigo pelos nossos espaços
Peco por querer às vezes ficar sozinha
Peco por comer todos os doces de casa
Sou uma mãe que ama todos os filhos
E se não bastassem os quatros
Quem sabe adoto mais quatro, cinco, seis...
Como é maravilhoso ser mãe e hoje entendo a minha
Ta certo que sou uma mãe louca
Loucamente apaixonada pelos filhos
Loucamente gulosa, distraída, cantante, alegre, palhaça
Mas fazer o que, se os filhos são astro rei.!

Parabéns para todas as mães originais e tradicionais!
Bjs
Poetisa de Gaia
Enviado por Poetisa de Gaia em 13/05/2006
Reeditado em 13/05/2006
Código do texto: T155496

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poetisa de Gaia
Salvador - Bahia - Brasil
238 textos (40112 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:11)
Poetisa de Gaia