Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desejos de ti!

Por onde andei se estou atrasada anos, dias, horas para te encontrar
Por onde andei que meu corpo não encontra o seu,
Somente consegue sentir seu perfume
Que estrada é essa de jornada de desencontros de alma
Como encontrar a união transcendental do seu corpo colado ao meu
Do beijo imaginário, com gosto de pecado molhado de mar!
Dos pensamentos sincronizados e do coração disparado
Por onde andei ou por onde estamos andando que não nos encontramos!
O tempo passa e a semana acaba e somente o silêncio,
Dos anos podem explicar a moldagem dos nossos corpos
Numa sintonia perfeita de prazer
Que lugar é nosso, pelo qual o cenário será perfeito
Para certamente sermos únicos e verdadeiros
Com nós mesmos
Por onde andei que perdi você na passagem do túnel da vida
Por onde tu andas que não encontra o caminho de volta
Em trilhas distintas, entre mares e montanhas
Nosso pensar canta tão alto
Que o vento leva nosso desejo para perto de Deus
Poetisa de Gaia
Enviado por Poetisa de Gaia em 02/11/2006
Reeditado em 02/11/2006
Código do texto: T279809

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poetisa de Gaia
Salvador - Bahia - Brasil
238 textos (40115 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:05)
Poetisa de Gaia