Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SÚPLICA

 
 
 


SÚPLICA:
 
Empresta-me os teus dedos para tanger além do tempo,
a harpa azul de um sonho leve.
Empresta-me os teus lábios para cantar além da vida,
uma canção de amor e paz.
Empresta-me os teus olhos, para que eu leia além da pedra onde te escondes,
"até breve"quando os outros só lêm "aqui jaz".
Empresta-me as tuas asas para seguir além das nuvens,
o caminho que seguistes.
Empresta-me os teus pés para firmar-me além do céu,
na estrada branca onde tu moras.
Dá-me a tua vontade para viver além do amor,
a inútil vida obscura e triste
e pra sofre-la sem contar as horas.
Soltarei os cabelos pra neles dormir além de tí,
um sonho bom que à dor me baste.
Estenda-me os teus braços pra alcançar além de mim,
o que ambiciono e o que não sei.
Dá-me o teu coração pra voltar além do além,
a amar no amor que o abandonaste,
aquele amor que eu nunca abandonarei.
                                        Glácia DAIBERT
GLÁCIA DAIBERT
Enviado por GLÁCIA DAIBERT em 09/07/2005
Código do texto: T32593
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GLÁCIA DAIBERT
Uberlândia - Minas Gerais - Brasil, 63 anos
108 textos (25287 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:20)
GLÁCIA DAIBERT