Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu universo talvez seja você....

Quando as estrelas não aparecem, em dias nublados como hoje...
Meu olhar também fica encoberto...
E até
Voa, a teu encontro...
E quando me reencontro,    percebo que já e tarde demais                            para voltar...
E assim continuo a viver,
a espera de seu calor, e a espera de mais um dia!

E quando me vejo sem você, nem noto, pois em tudo que vivo e tenho...
Você  já faz parte...!
Espero-te como um astrônomo espera a descoberta dum novo planeta, e que o achando, dedica a alguém importante...
Sou paciente,
Calma e até mesmo pacífica, queria não ser...
Pois sendo assim,
Muitos me julgam ser
Sem atitudes...
Mas, como minha vida
Tem sido uma grande espera, espero eu,
Simples mortal,
Ignorante
e sem tal sentimento,
O amor,

Poder quem sabe um dia
Alcançar-te!


by IndecifraveL
Juliana Nazário
Enviado por Juliana Nazário em 25/09/2005
Reeditado em 12/04/2017
Código do texto: T53668
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Juliana Nazário
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
9 textos (1576 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/05/17 11:01)
Juliana Nazário