Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ARREPIOS E CALOR (2º PARTE)

...essas carícias, tornando os corpos unidos com o mesmo objetivo, e aos poucos se despojando das roupas, numa quente e trêmula atitude, onde, a visão dos corpos nús, da boca sedenta de mais beijos, do coração descompassado, da pele anestesiada com tamanho torpor, os olhos apenas implorando que aquele momento nunca mais acabasse, foi nesse ambiente, onde estrelinhas de amor, flutuavam acima dos corpos, e que, os tantos desejos ibernados, se libertaram, num movimento de puro amor, rodeados de profundos carinhos, e, um dos corpos, como uma magia infinita, se uniu, profundamente ao outro, ocupando um espaço que outrora fora seu, invadiu e preencheu aquele espaço, onde, se concretiza, os grandes romances...
Betolossurdo
Enviado por Betolossurdo em 29/10/2005
Código do texto: T65113
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Betolossurdo
São Manuel - São Paulo - Brasil, 58 anos
25 textos (2065 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 07:53)
Betolossurdo