Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Porque amamos.

Porque amamos.

Podemos ter o dom de sermos amantes.
Sim!, apaixonados no sempre ou por períodos.
Temos como certo a capacidade de amar
E em um momento este amor tem quedas.
Vertigens de fim.

Alguns espaços e alguns tópicos da vida
Não admitimos a queda do amor.
Julgamos o eterno imbatível
Amor a nós a esperança. De viver. . .
Mais e mais ligados neste amor.

Não pode existir fim. Para não haver recomeço.
É possível mudarmos o destino.
Mas voltarmos para a maior intensidade.
Para nunca mais dizermos adeus
E que permaneças a paixão.

Não posso conhecer meu futuro. Pois na
verdade negligenciaria meu presente.
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Enviado por ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA em 29/10/2007
Código do texto: T715637
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (elio candido de oliveira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Ibiá - Minas Gerais - Brasil
4085 textos (159757 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 13:46)
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA