Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vamos ser diferente



Eu amei uma mulher tão ciumenta que me sufocava

eu não consegui viver a vida como deveria ser vivida

Eu já não comia Bebia cachaça em lugar de água

Comi pão que o diabo amassou na mão daquela ingrata

o ciúme dela  me deixava doente eu sofri amargamente

Agente não se amava mais vivíamos só brigando

Pedi para ela deixar eu viver do seu lado querida

Era tanto seu ciúme não tinha limite para encenar

Agente não se amava mais o que fazia era brigar

Ela  até  se esqueceu como é  um casal que se ama

Mesmo quando brigam tudo acaba na cama

sterquini
Enviado por sterquini em 21/11/2007
Código do texto: T746266

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
sterquini
São João de Meriti - Rio de Janeiro - Brasil, 73 anos
504 textos (28477 leituras)
20 áudios (2920 audições)
3 e-livros (10 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 20:08)
sterquini

Site do Escritor