Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eterno amor.

Eterno amor.

Este amor sem preconceito.
Que estas a explodir no meu peito.
Que me faz as vezes titubear.
E eu estou sempre a te procurar
Que leva a paz.

Há a espera e o fazer eu novamente amar
Que a  mim trouxe um belo despertar.
Da vida da ânsia e o perder dos medos
Daquilo que me fez sempre te esperar.
Trouxeste-me a paz novamente.

Me buscou do sono que permaneci.
Dos fascínios da mente.
Das alegrias que não vivi.
Alterou o sincronismo da vida.

Todo o amor e a paixão.
A vida como dedicação.
Elevou minha alma a eternidade
A paz da vida. A paz que precisava
E ao eterno amor.




ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Enviado por ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA em 26/11/2007
Código do texto: T753009
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (elio candido de oliveira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Ibiá - Minas Gerais - Brasil
4085 textos (159744 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 11:23)
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA