Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Esqueci de dizer...

Nas últimas vezes...
que nos falamos
Nos últimos dias e meses...
E em todos esses anos
Acabei não lembrando
De dizer o significado
da tua existência
para mim, ser calado...
És, foi e sempre vais ser
alguém especial!

Esqueci de dizer...
ainda que distante
teu papel na minha vida
foi demais importante
És pessoa querida!

Esqueci de dizer,
no último encontro,
que não importa...
Se nunca vamos nos ver
Marcaste minha vida
me fizeste crescer!

Esqueci de dizer...
deveria ter falado!
Tu me ensinaste a viver
mesmo quando cansado.

Esqueci de dizer...
Que muitas pessoas...
cruzaram meu caminho
E nenhuma delas
com flor ou espinho...
as ruins ou as boas...
permitiram me conhecer
de modo intenso
como aconteceu contigo.

Agora reflito...
sobre isso eu penso...
Muito mais que amigo
que pude ou não ser
Queria poder ter dito
devagar, com calma
Que foi mais que um afeto
és estigma na minha alma
Vai além dos sentidos!

Mas eu me esqueci...
e o tempo passou...
circunstâncias mudaram...
e teu rosto não vi,
águas que passaram.

Queria mais algumas palavras!
Não falar, mas ouvir somente
Como essas que escuto
E repetem-se na mente
Das conversas que tive
Nas histórias que ouvia.

Sua presença vive
nas lembranças
da tua alegria.
Sonhos e esperanças
ao falar do futuro
das dores passadas...
do sentimento puro,
das pessoas amadas.

Esqueci de dizer
algo importante...
No livro da minha vida
És personagem marcante
E vais sempre existir
na minha trajetória
E não há despedida
que vai te excluir
da minha história.

(não sei quem é o verdadeiro autor deste poema, só sei que é lindo!!)


Vivilacorte
Enviado por Vivilacorte em 15/12/2005
Reeditado em 15/12/2005
Código do texto: T86208
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Vivilacorte
Vila Velha - Espírito Santo - Brasil, 35 anos
23 textos (3238 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 19:10)
Vivilacorte