Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No Entardecer

 Ela chorava copiosamente e inconsolada. Não saberia se
amaria outra vez e no fundo do seu coração, já tinha a
resposta. O vazio predominava em seu íntimo, deixando-a
quase sem ar. As lágrimas queimavam sua face e olhando o
sol se pôr naquele lindo entardecer, chegou na conclusão que era a mulher mais infeliz do mundo.
 A vida valeria a pena, agora?
 Seus sonhos morreram naquela manhã e ela estava quase morta para o mundo. Como viver a vida, recusando prosseguir no dia-a-dia? Não conseguia encontrar a resposta. Seu coração gritava e ela rangia seus dentes, enlaçada pelo desespero.
 O sol estava se despedindo aos poucos e as ondas do mar nunca estiveram tão suaves. Ela notou enfim, que mesmo com o coração em pedaços, seus olhos conseguiam captar a beleza pura daquele momento único. Sentia o perfume doce que impregnava o ar e a brisa que a tocava levemente, fazendo arrepiar sua pele.
 Foi nesse momento, como num passe de mágica, que ela desvendou completamente a grande e espetacular maravilha que é viver.
 Procurou sentir suas lágrimas e não mais as encontrou.
 Procurou pelo grito que havia teimado em sair dos seus lábios, mas o mesmo se desfez.
 Levantou-se aos poucos, com seus olhos fixos no pedacinho alaranjado do sol que acabava de sumir atrás do mar. O sol que silenciosamente dizia para a sua alma: " Amanhã voltarei ainda mais belo para encantar o mundo e você...também voltará para enriquecê-lo com sua alegria?
 E dentro de si, seu coração renascendo outra vez pulou e duas palavrinhas saíram dos seus lábios:
 Eu voltarei.


 
valley christen
Enviado por valley christen em 06/01/2006
Código do texto: T95322
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
valley christen
Maringá - Paraná - Brasil, 43 anos
12 textos (1695 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:03)
valley christen