Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dedicatória

O que quero dizer, para comemorar os 365 textos publicados, tê-lo-ei dito ontem:

01/03/2006 13h44 - Francisco
Não é uma questão de liberdade ser "outro", mas só com liberdade se é... o que se quer! DUPLIX: AMOR/ MEU/// perco-me/ eu no "eu"// no teu encontro/ só sei ser// e tu nem sabes disso.../ "teu"! (Rosane e eu)

Fazendo mais uma experiência, comentei um texto meu.
Isso só foi possível, só é possível, pelo facto de receber comentários anónimos. Nada mais anónimo que um nome: Francisco, utilizei o meu nome igual a milhões...
(F, uma inicial, é uma marca, pode ser e é, bem mais pessoal)

AMOR/ MEU
perco-me/ eu no "eu"
no teu encontro/ só sei ser
e tu nem sabes disso.../ "teu"!
(Rosane Coelho/ Francisco Coimbra)

Se "AMOR/ MEU" nem precisa de dedicatória para ser dedicado a Rosane com quem fiz dueto neste "duplix", é o poema ideal para dedicar ao "leitor/a ideal" para quem e com quem tenho escrito o meu diário... na pessoa real de cada leitor e deste aprendiz de escritor.
Obrigado a Ele/Ela, vocês todos!!
Francisco Coimbra
Enviado por Francisco Coimbra em 02/03/2006
Código do texto: T117742
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Coimbra
Portugal
785 textos (310480 leituras)
37 áudios (39564 audições)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:38)
Francisco Coimbra