Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AOS AMIGOS DO RECANTO

AOS AMIGOS DO RECANTO

Vim deixar esta mensagem para quem ainda não sabe.
Como escritora fantasma, tenho muito pouco tempo disponível para fazer o que mais amo, escrever pra mim. Se fosse só isso, tudo bem; escreveria e escreveria e escreveria e por fim, guardaria e depois relia; ou simplesmente postava e deixava lá, ali ou aqui. Mas tenho meus amigos que me lêem, comentam e com todo carinho, incentivam-me, fazendo feliz meu coração.
Por isso, quero deixar aqui registrado, mais uma vez, que se demoro a comentar os textos dos amigos é porque realmente não me sobra tempo. Com prazos curtos, vou cumprindo minha missão de fantasma. Entre um trabalho e uma pesquisa, vem o desejo de poetar, versejar, estar com meus amigos poéticos, mesmo que virtualmente. É difícil pra mim ficar sem escrever o que sinto por dentro e mais difícil ainda, não ter tempo de visitar, ler e comentar meus amigos. Mas.... c’est la vie...preciso de dinheiro para sobreviver e, infelizmente, tenho que abrir mão do meu desejo e satisfação para continuar minha jornada.
Findo esclarecendo que não vivo sem vocês e, mais uma vez pedindo que não me esqueçam e saibam que se não estou sempre presente, é por motivo de força maior e não por meu querer.
De antemão deixo beijos e abraços sem dia previsto – pode ser hoje, amanhã ou depois - para sentir o prazer de estar neste meu recantinho e encontrar meus amados amigos e extravasar os sentimentos que jorram em minha veia poética.
Com o coração sangrando, me despeço e... até qualquer hora!

Beijo!

Rose de Castro
A ‘POETA’
Rose de Castro
Enviado por Rose de Castro em 03/09/2007
Código do texto: T637295
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rose de Castro
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 60 anos
200 textos (22203 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 11:38)
Rose de Castro