Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

        Queridos amigos,

         nos últimos dias recebi quase 300 comentários e contatos pvt de recantistas.
Estou contente, sinto-me acarinhada, grata, pois afinal é muito bom contar com a presença e a generosidade dos amigos escritores e visitantes. Esse "colo literário", que nos dá incentivo, são flores que nos chegam todos os dias!
Não se compra e não tem preço.
Muito obrigada!

         Entretanto, sinto-me por vezes angustiada quando não consigo retribuir esse afeto com brevidade. E quem mais sofre com isso sou eu mesma.
Sei que essa demora desaponta alguns. Assim como me é importante receber a leitura dos amigos sei que estes também a esperam. 
Porém não estou conseguindo equilibrar meu tempo e saúde.
         Quando visito uma escrivaninha leio cuidadosamente os textos, deixo comentários espontâneos, sinceros e incentivadores, sem quase análise crítica pois a maioria de nós está na categoria "amador". Procuro ser sempre atenciosa. Claro que eventualmente meu comentário não preenche a expectativa do autor! O que posso fazer?
Às vezes brinco. É brincadeira de fato, não é nem ironia nem crítica pessoais. Pode, no máximo, ser uma ironia quanto ao tema do texto.
Logo, se alguém se ofendeu com alguma brincadeira peço  desculpas. 
Nenhuma intenção deliberada de minha parte.

          Aproveito essa mensagem para me desculpar por minha acidez nas duas últimas semanas. Sofri difamação e ofensa por parte de uma meia dúzia de pessoas do Recanto das Letras.
Os motivos não vêm ao caso. 
O fato é que fiquei muito triste, com o amargo travo da injustiça na boca!
Peço desculkpas a todos os demais amigos.

         Quero ainda rebater um boato, RIDÍCULO, que espalharam por aí: que PATRICK, administrador e webmaster do Recanto das Letras, é só um personagem, que não existe, e - segurem-se na cadeira - que ELE sou EU! 
Ahahahah.... Que loucura! 
Eu não tenho nem a benevolência nem tolerância a dele. 
SE eu FOSSE ele, certas pessoas não estariam no Recanto.
Também não estou me afastando ou tirando férias conforme alguns boatos correntes. Apenas diminuindo o ritmo.

         Os cães ladram e a caravana passa. 
         Passa sim e ainda obriga os cães a engolirem a poeira!
         Com o tempo a verdade sempre aparece. Basta ter paciência.


          Abaixo a relação dos amigos que me visitaram nos últimos dias. Sem nada me cobrarem. Sem a política imoral do "toma-lá-dá-cá".
Visito-os porque quero, tenho gosto e quando posso..
Anseio a que o façam igualmente.

          Que cada um, de per si, entenda a razão dessa mensagem.
                                                                       
Beijos!
Kathleen



Uma rosa para:

Edna Lopes
Laco Bassualdi
Fátima Batista
Daniel Genovez
Josi Fernandes
Teris Henrique Filho
Aldo Lopes
Cleia
Hanid
Luiz Guerra
Rickbec
Socorro Castro
Daniel Heldt
Sônia Maria Cidreira de Farias
Sara Caravaggio
Rosana Buarque
Peixão
Erdo Bastos
Demétrio Pereira Sena
Nagredla
AnjoPoeta
António Zumaia
João Adolfo Guerreiro
Anderson Fabiano
Reneu do Amaral Berni
Canoas
Rubem Jardim
Mavi
Paula Baggio
Miriam Dutra
Farney MartinsTânia Orsi
Abello
Syl Signoretti
RSGLisboa
Ana EGuimarães
Jorge Gil
Volnei
CondorAzul
Gio Amor
Elio Candido de Oliveira
Carmem Lúcia
Lucia Constantino
Rosy Ferós
Juli
MariSaes
Henrique Salvador
Deley
Regina Bertoccelli
Evaldo da Veiga
Andrade Jorge
Carlos Rodolfo Stopa
Jamaveira
Claraluna
Gianluca Garbatti
Fernando Brandi
Maurélio Machado
Maria Luiza D Errico Nieto
Marisa Queiroz
Lilian Reinhardt
Rosa Ambiance
Rascunhomusical
Hélio Pequeno
Suzanna Petri Martins
Calaf
Henrique Mendes
Ronaldo Honório
Maria Aparecida Giacomini Dóro
Eder Ribeiro Vogado
Antonio Maria
Rose Stteffen
Povo Lusitano
Luiz Pádua
Maria Olimpia Alves de Melo
Sueli Fajardo
Angela Conde
Marlene Vieira Aragão
Beijinha
José de Castro
Lobo da Madrugada
Gil de Olive
José Alberto Lopes
Soliana Meneses
Caio Lucas
Henricabilio
Malubarni
Cristina Lima
MaluNovo
Carlos Tronco
Zélia Nicolodi
Jacq Passos
Vestida de Água
Ângela Rodrigues
Ronaldo Torres
Aimberê
KATHLEEN LESSA
Enviado por KATHLEEN LESSA em 07/10/2007
Reeditado em 17/09/2010
Código do texto: T684651
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
KATHLEEN LESSA
São Paulo - São Paulo - Brasil
3682 textos (2415491 leituras)
14 áudios (7524 audições)
36 e-livros (49908 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 01:02)
KATHLEEN LESSA