Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O porquê do adeus

Certo dia atrás, recebi de uma amiga a mensagem de que haviam se acabado os 5 anos de seu casamento.

Pensei e perguntei sobre os motivos... e me encontrei surpresa quando li um "Sabe que eu nem sei?"....

Penso então, que quem se separa de alguém, algum motivo deve ter.
Pessoas que se separam porque encontraram outras
Que cansaram-se da rotina, da vida à dois
Ou optaram pela solidão momentânea
Que querer partir para novos horizontes...

Acredito que deixar de gostar, pura e simplesmente, não existe.
Sempre há algum bom motivo pra alguém ir embora, pra você ir embora... penso ainda, que se não ficou claro pra alguém, o porquê do adeus recebido, vale olhar pra trás... vale tentar entender o porquê.

Se descabelar diante disso, de nada vai adiantar... acredito que os problemas, estão sempre conosco...
Vou mais adiante ainda, quando penso que a partida de alguém que até mesmo jurou amor eterno, ou "até que a morte os separe", é vazio! Sim, vazio porque uma promessa é dívida! Se não pode arcar com uma promessa, não prometa, a vida é simples!

Mas, se isso aconteceu, há uma saída: tentar não cometer os mesmos erros passados... Se não der, nem procure pelo motivo do adeus! Viva...ainda é tempo.

Acredito ainda que o adeus, nada mais é, do que um pedido de desculpas pelo tempo perdido...
Flávia Jobstraibizer
Enviado por Flávia Jobstraibizer em 24/08/2005
Código do texto: T44817
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Flávia Jobstraibizer
São Paulo - São Paulo - Brasil
77 textos (52167 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:15)
Flávia Jobstraibizer