Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Separação!

“Um Dia Acordarás”

Um dia acordarás, verás que esta em um paraíso. No paraiso que eu sonhava.
Verás também, que eu não mais sonho. Acordei, preparei o paraíso que eu sonhava para ti e parti.
Um dia acordarás neste paraíso que de tanto eu sonhar virou realidade.
E neste dia, de mim. Restarás apenas a saudade.

Fui alguém que o tempo levou, talvez do mesmo modo que me trouxe.
Não pude ficar, minha obra para você era apenas te dar o paraíso!
Um Paraíso em flores cor de rosa, brancas e de vários tons de azul.
Um paraíso que ficou.

Mas, eu. Eu como o tempo que se foi, também fui
E lá do meu paraíso de flores, quem sabe do modo que eu também sonhei.
Possa ver suas vitórias, seu crescer, seu viver como alguém que o tempo madurou.
Madurou e não machucou.

Neste dia que você acordar e eu não mais estar aqui. Estarei lá, feliz por você que venceu,
Feliz e grato por que de um modo ou de outro, participei de sua vida o quanto deu.
Meus desejos podem ser superados, mas meus sonhos e principalmente aquele.
De te dar um mundo melhor. Esse não. Só será satisfeito se for realizado.

Pena que isso só acontecerá no dia em que você acordar.
Não que você já esteja dormindo. Mas para esse dia,
Você terá de acordar. Muitas vezes sem nem mesmo ter ido se deitar.
Então um novo dia raiará e você vai acordar.

Daí a luz que eu te dei, vai te encaminhar.
A um outro dia você vai chegar.
Mas na noite antes, uma lua cheia no céu,
Sei que você vai encontrar e olhando para ela, em mim pensará.

Nessa noite eu estarei partindo, levando comigo sua luz.
Não tenho mais medo de te perder. Sua luz vai comigo.
Para sempre você vai em mim, onde quer que eu for.
Nessa noite estarei partindo para não mais voltar.

Não que tenha um lugar melhor que sua amizade e companhia para visitar,
Mas será necessário te deixar, porque só assim você vai poder caminhar.
Caminhar com suas pernas, gastar suas solas e cansar seus músculos,
Mas feliz e alegre como uma criança que aprende, vai cainhar.

Vai caminhar,
Aprender,
se esquecer, e
se quiser de mim se lembrar.

Mas tudo valeu a pena,
por você ter vencido,
não apenas a batalha,
mas toda a guerra da vida!
Quirino Cochi Júnior
Enviado por Quirino Cochi Júnior em 07/09/2005
Código do texto: T48347

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original! - Obrigado!!!!!). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Quirino Cochi Júnior
Lençóis Paulista - São Paulo - Brasil, 47 anos
27 textos (2622 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 15:16)
Quirino Cochi Júnior